Lance Barty domina Keys e vai à final do Australian Open pela 1ª vez na carreira

Barty domina Keys e vai à final do Australian Open pela 1ª vez na carreira

Com apoio da torcida, australiana segue superior na chave feminina

Lance
Lance

Lance

Lance

A australiana número 1 do mundo, Ashleigh Barty, não tomou conhecimento da norte-americana Madison Keys, 51ª, e está na final do Australian Open pela primeira vez na carreira. Barty é a primeira australiana em 42 anos a fazer final em casa.

Jogando de maneira bastante consistente desde a linha de base e com muita variação, Barty precisou de 1h02 para fechar o placar em 6/1 6/3 tendo convertido os três aces da partida e disparado 20 bolas vencedoras contra seis de Keys, que cometeu 10 erros não-forçados contra nove da australiana.

Barty é a primeira australiana desde Wendy Turnbull, em 1980, a jogar uma final do Australian Open. Ela tenta ser a primeira local a vencer o torneio em 44 anos. A última australiana a vencer o Slam local foi Chris O'Neil em 1978.

Na grande final, Barty encara a algoz da polonesa Iga Swiatek, a americana Danielle Collins.

Barty e Collins se enfrentaram quatro vezes no circuito profissional e a australiana levou a melhor em três partidas.

Últimas