Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Barbieri exalta goleada do Vasco e elogia parceria com Abel Braga

Treinador ressalta que Cruz-Maltino não vencia por um placar elástico desde 2014 e destaca experiência de Abel para ajustar a equipe...

Lance|

O técnico Maurício Barbieri ficou bastante satisfeito com o desempenho do Vasco na goleada sobre o Resende, por 5 a 0, em São Januário. O treinador ressaltou que o Cruz-Maltino não vencia por um placar tão elástico desde 2014 e afirmou que o time está no caminho certo.

+ Pedro Raul desencanta, e Vasco goleia o Resende pelo Campeonato Carioca

- Eu acho que a maior certeza é que estamos no caminho correto. É um processo. Quando perdemos não está tudo errado e quando se ganha também não está tudo ao céu. Desde 2014 o Vasco não tem um placar como esse. Isso demonstra o nível de atuação que tivemos. A gente está em um período de pouco tempo de treinamento - afirmou Barbieri, que completou exaltando o diretor técnico Abel Braga.

Maurício Barbieri - Vasco x Resende
Maurício Barbieri - Vasco x Resende Maurício Barbieri - Vasco x Resende

O Vasco de Barbieri teve uma ótima atuação em São Januário (Daniel Ramalho/Vasco)

Publicidade

- Os ajustes foram de posicionamento. E quero exaltar uma pessoa fenomenal que é o Abel Braga. Além de ser um grande ser humano é um treinador incrível. Fizemos apenas ajustes simples. Eu não ficaria confortável se não fizesse essa referência. Vencedor e muito competente, além de ser um grande ser humano.

A satisfação pela vitória não fez Maurício Barbieri tirar os pés no chão. O treinador reafirmou que o Vasco segue em construção, mas a cara do time após uma goleada de fato fica mais bonita.

Publicidade

- Eu falei após o primeiro jogo que não é uma cara definitiva. Hoje ela está com uma cara mais bonita, mas ela não está pronta. É claro que a expulsão condiciona muito o jogo. Eu falei da arbitragem no último jogo em tom de crítica e hoje eu elogio aqui. Mostrou atitude para expulsar e foi um acerto da escala. Sobre a cara, a gente segue tentando melhorar. A gente muitas vezes pensa que a evolução é linear. Dentro da evolução teremos altos e baixos. Estou feliz pela vitória, mas temos um caminho longo para percorrer.

Maurício Barbieri também explicou a ausência de Zé Gabriel. O volante, que vinha sendo titular, não foi nem relacionado. O treinador foi sincero e afirmou que o barrou por conta das más atuações.

Publicidade

- É um menino, um jovem. Tem se dedicado demais. Mas não tem conseguido atingir a consistência que pode atingir. Entendi que não era o momento de trazer o Zé. Não quis trazer três volantes para o jogo, já que eu trouxe o De Lucca. O Rodrigo entrou muito bem e são opções que ganhamos - afirmou Barbieri, que pediu bom senso quanto as críticas ao Zé Gabriel.

- O torcedor faz a diferença e, hoje, pudemos perceber isso. Queria que tivessem o cuidado, quando a crítica vem para o lado pessoal, porque são seremos humanos. As pessoas que estão do lado de fora não tem ideia do quanto machuca. A crítica profissional, aquilo que eu errei como profissional, é válida. Quando vai para o outro lado é muito ruim.

O Vasco volta a jogar na próxima terça-feira, contra o Nova Iguaçu, no Mané Garrincha, em Brasília. Com a vitória, o Cruz-Maltino chegou aos 8 pontos, diminuindo a distância para o G4 para dois pontos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.