Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bahia bate o Palmeiras, e resultado pode tirar o Verdão da vice-liderança do Brasileirão

Equipe baiana marcou já nos acréscimos da partida com Thaciano e quebrou longo jejum de vitórias

Lance

Lance|Do R7


Lance
Palmeiras perdeu para o Bahia fora de casa e pode perder posição no Brasileirão (Foto: Marcio Roberto/Agencia F8/Gazeta Press)

O Bahia bateu o Palmeiras, nesta quarta-feira (21), por 1 a 0, na Fonte Nova e derrubou o último invicto do Campeonato Brasileiro. Com gol de Thaciano, já nos acréscimos da partida, a equipe baiana voltou a vencer após oito jogos de jejum. Com o resultado, o Verdão segue na segunda posição na tabela, pode se afastar do líder Botafogo e ainda perder a vice-liderança para o Flamengo. Já o Bahia vai para a 14ª posição e se afasta da zona da degola.

+Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Bahia começa melhor, mas Palmeiras equilibra o jogo e cria chances

Dona da casa e embalada pela torcida, a equipe baiana começou o jogo com muita intensidade e buscando marcar o Verdão no campo de ataque, criando dificuldades para os visitantes saírem de sua defesa. No entanto, como um time experiente e entrosado, logo equilibrou as ações e foi ganhando espaço. Entre um passe errado e outro, o Alviverde conseguia chegar no setor ofensivo com certa tranquilidade, mas pecava na conclusão dos lances. Zé Rafael, por exemplo, abriu espaço para o chute colocado, mas acabou errando o alvo em uma boa chance.

Publicidade

+ Olho no Brasileirão! Assine o Prime Video e acompanhe todos os jogos do seu time do coração!

Palmeiras melhora, mas não é eficiente e fecha o primeiro tempo prejudicado pelo VAR

Publicidade

Já dono do jogo e consciente dos espaços que tinha para poder chegar ao gol, o Palmeiras fazia um jogo seguro, embora tivesse repentes de displicência que causaram contra-ataques perigosos. Em seu campo ofensivo, Artur e Endrick desperdiçaram boas chances de abrirem o placar por falta de capricho na conclusão. Faltou capricho também em alguns cruzamentos que tinham potencial de gol. Aliás, gol o Verdão até fez em um lance em que o goleiro Marcos Felipe se atrapalhou com chute fraco de Artur e a bola correu para dentro do gol. O arqueiro conseguiu salvar, mas a bola pareceu ter ultrapassado a linha. Acontece que o VAR não viu e mandou seguir o jogo.

Palmeiras voltou melhor do intervalo, porém seguiu sem eficiência no ataque

Publicidade

O Verdão retornou do vestiário com domínio da partida, algo que já tinha na primeira etapa. O Bahia, mesmo como mandante, procurava mais evitar que o adversário pegasse na bola do que propriamente ditar o ritmo. Apesar do controle palmeirense e de uma certa facilidade para chegar no ataque, o time de Abel Ferreira seguia sem conseguir definir as jogadas de forma eficiente. Em uma das melhores chances, Dudu recebeu sozinho dentro da área, finalizou bem, mas o goleiro Marcos Felipe conseguiu desviar para escanteio. Alguns minutos depois, em um contra-ataque perigoso, os donos da casa quase abriram o placar com Kayky.

Mudanças nos times, mas quem muda o placar é o Bahia

Ambos os técnicos buscaram alterar as formações que estavam em campo para tentar balançar a rede. Mas a verdade é que pouca coisa aconteceu na segunda metade da etapa final. Por mais que o Verdão tenha insistido em alcançar o campo de ataque, passes errados e uma ansiedade acima da média foram prejudiciais no objetivo do time. Já o Bahia chegava na frente de forma inofensiva, sem assustar a defesa palmeirense. Até que, em uma jogada individual de Cauly, Danielzinho arriscou para o gol, Lomba rebateu e Thaciano colocou para dentro para fazer 1 a 0 e derrubar o último invicto do Brasileirão.

E agora?

Com a derrota, o Palmeiras fica com 22 pontos na classificação, mas permanece na segunda posição, um ponto atrás do Botafogo, que ainda joga na rodada nesta quinta-feira (22), diante do Cuiabá, fora de casa. Caso o Flamengo vença sua partida, tomará a vice-liderança do Alviverde. Na próxima rodada, neste domingo (25), o Verdão recebe o Fogão no Allianz Parque, no que pode ser um duelo pela liderança. Já o Bahia vai a 12 pontos e fica na 14ª posição, se afastando da zona da degola.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)

Data e hora: 21/6/2023, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (VAR-Fifa-MG)

Público e Renda: 31.013 torcedores/R$ 1.266.953,00

Cartões amarelos: Everaldo, Kayky, Ademir e Vinicius Mingotti (BAH) Breno Lopes, Gabriel Menino e Endrick (PAL)

Cartões vermelhos: -

Gols: Thaciano (47'/2ºT) (1-0)

BAHIA: Marcos Felipe; Cicinho, Kanu, Vitor Hugo (Gabriel Xavier, aos 27'/2ºT) e Chávez; Rezende, Acevedo, Thaciano e Cauly; Kayky (Danielzinho, aos 37'/2ºT) e Vinicius Mingotti (Everaldo, aos 20'/2ºT). Técnico: Renato Paiva.

PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Vanderlan; Zé Rafael, Gabriel Menino (Richard Ríos, aos 31'/2ºT) e Bruno Tabata (Luis Guilherme, aos 26'/2ºT); Artur (Giovani, aos 36'/2ºT), Dudu (Breno Lopes, aos 36'/2ºT) e Endrick (Flaco López, aos 26'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.