Lance ‘Azarão’ na final da Libertadores, Palmeiras brilha quando joga contra o favoritismo

‘Azarão’ na final da Libertadores, Palmeiras brilha quando joga contra o favoritismo

Em situações semelhantes, Verdão foi campeão da Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Palmeiras entrará em campo no próximo sábado (27), contra o Flamengo, pela Libertadores. Devido ao alto investimento do adversário nas últimas temporadas, muitos colocam os cariocas como favoritos para o duelo. O Verdão, por sua vez, tem bom retrospecto como ‘azarão’ nos últimos anos.

Em 2015, o time chegou à final da Libertadores contra o Santos, de Dorival Júnior. O rival da baixada, na época, era tido como o campeão natural. No entanto, a equipe liderada por Dudu e Fernando Prass teve uma das principais atuações da história do Allianz Parque e, nos pênaltis, garantiu mais um troféu para a coleção.

Uma situação semelhante ocorreu em 2020/21, contra o mesmo adversário, mas pela final da Libertadores. Contra o rival, desta vez comandado por Cuca, o Verdão não era visto como favorito, devido ao bom desempenho de algumas peças-chave do outro lado, como Marinho e Soteldo. Em campo, porém, a estratégia de Abel Ferreira anulou as tentativas santistas e, aos 98′, Breno Lopes garantiu a América à torcida alviverde.

Nos pontos corridos, o retrospecto é, também, favorável. Em 2016, após a eliminação no Paulistão e na Libertadores, além de uma goleada sofrida para o Água Santa, o time não era o principal candidato ao Brasileirão. No entanto, concretizando a profecia do treinador, levantou o caneco depois de um jejum de 22 anos.

Em 2018, a mesma coisa aconteceu. Desta vez, a equipe vinha de um vice-campeonato no Paulistão e não tinha bons números no nacional. Após a chegada de Felipão, no entanto, a situação mudou e o time, com um imponente desempenho, sagrou-se decacampeão.

Buscando manter o bom retrospecto quando luta contra o favoritismo, o Palmeiras entra em campo novamente no próximo sábado (27), às 17h (de Brasília), contra o Flamengo.

Últimas