Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Avião do Palmeiras já está no Brasil e pode ser utilizado pelo clube ainda no mês de junho

Aeronave comprada por empresa de Leila Pereira aguarda detalhes burocráticos para ser liberada para uso do Verdão

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Leila Pereira chegou a mostrar o interior da aeronave com sua personalização antiga (Foto: Reprodução/Instagram Leila Pereira)

Falta pouco para o Palmeiras poder contar com seu próprio avião. Isso porque a aeronave já está no Brasil desde a noite dessa quarta-feira (7). Agora restam detalhes burocráticos para que ela receba permissão para voar e servir ao elenco em viagens nacionais e internacionais. A expectativa é de que ainda neste mês de junho ela já possa estrear como transporte palmeirense.

+ Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Por volta das 22h de quarta-feira (7), o avião pousou no Aeroporto de Foz de Iguaçu, no Paraná, onde aguarda a regularização da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e de processos relacionado à importação. A chegada ao Brasil acontece depois de um período de personalização em Portugal, onde ganhou as cores azul e branca. As cores do clube foram evitadas, uma vez que o avião poderá ser usado por outras agremiações.

Registrado sob a matrícula PS-LPM (LPM faz referência às iniciais do nome Leila Mejdalani Pereira), o avião de modelo E190 E-2 fabricado pela Embraer (antiga dona) pertence a uma das empresas de Leila, a Placar Linhas Aéreas S/A, na qual é sócia de seu marido José Roberto Lamacchia. O Verdão terá prioridade na utilização dos voos e bancará apenas os custos das viagens que fizer. No restante do tempo, outros clubes e empresas poderão pagar para usá-lo. O valor é estimado em 65 milhões de dólares (R$ 328 milhões).

Publicidade

A expectativa é de que o Palmeiras já possa usar a aeronave neste mês de junho, caso todos os trâmites burocráticos sejam resolvidos dentro do prazo planejado pelo clube. Com a personalização realizada no avião, foram retirados alguns assentos para que os jogadores tenham maior conforto no trajeto. Originalmente, ele comportaria 114 passageiros, algo que diminuirá com as modificações internas.

+ Avião do Palmeiras quase foi chinês, virou norueguês e é conhecido por pintura de tubarão

Publicidade

Em contato com pessoas próximas à diretoria palmeirense, o LANCE! apurou que o clube prevê uma economia "drástica" nos custos das viagens fretadas que faz neste momento. Na visão dessas fontes ouvidas pela reportagem, a novidade terá um impacto imediato nas finanças alviverdes, especialmente nas viagens internacionais.

Histórico da aeronave

Publicidade

Antes de ser o "avião do Palmeiras", essa aeronave teve um histórico interessante desde a sua produção, há quatro anos. Como dito acima, ela foi produzida pela Embraer, em São José dos Campos-SP e tinha como destino uma empresa chinesa de aviação chamada Fuzhou Airlines, mas com a crise que passava na época, acabou desistindo de ficar com o modelo novo encomendado.

Na sequência, a Embraer arrendou a aeronave para a empresa norueguesa Widerøe entre junho e novembro de 2019. Na época, a linha aérea escandinava utilizava esse avião para ser um suporte aos que já tinha voando. Assim, logo acabou ficando sem uso por conta da demanda. Entre dezembro de 2019 e setembro de 2020, ela ficou armazenada em Alverca-POR, em uma subsidiária da Embraer. Depois, entre setembro de 2020 e dezembro de 2021, ficou estocada em Nashville-EUA.

O avião retornou para São José dos Campos, sede da Embraer, para ter uma nova função após essa sequência de arrendamentos e passou a ser uma aeronave de demonstração e testes. Por esse motivo, no início de 2022, ela recebeu uma nova pintura de Tubarão Tecnológico e passou a ter o seu número de registro 2-RLET. A Embraer levou o avião para um evento aeronáutico em Singapura para demonstrá-lo a possíveis clientes e chamar a atenção com sua peculiaridade. Foi essa a última caracterização da aeronave antes de receber uma nova roupagem em Portugal.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.