Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Auxiliar técnico de clube turco é resgatado com vida em escombros após terremoto

Murat Bel faz parte da comissão técnica do Hatayspor e sobreviveu ao abalo sísmico na Turquia

Lance|

Lance
Lance Lance

Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu a Turquia e a Síria na manhã desta segunda-feira e deixou milhares de mortos e feridos. Entre as pessoas atingidas pela tragédia encontram-se personagens importantes do futebol local. Este é o caso do do auxiliar técnico Murat Bel, do Hatayspor Athletic Performance, sobrevivente do sismo.

O clube turco onde o sobrevivente atua fica na cidade de Hatay, um dos pontos mais afetados pela catástrofe. Devido a esta coincidência, muitos integrantes da delegação do time acabaram se encontrando entre os atingidos pelo fenômeno natural.

+ Alex, ídolo do Fenerbahçe, lamenta terremoto que atingiu a Turquia: 'Minhas condolências'

Murat Bel faz parte da comissão técnica do treinador Volkan Demirel e foi um dos confirmados como salvos do abalo sísmico. Segundo a apuração dos jornais locais o técnico foi retirado dos escombros de um prédio com vida junto com a própria família e passam bem.

O treinador principal do Hatayspor se pronunciou nas redes sociais após a tragédia. Em live Volkan Demirel relatou a realidade da cidade de Hatay e pediu para que as autoridades ajudassem enviando reforços.

+ Ex-Flamengo, Arão fala sobre situação na Turquia após terremoto: 'Companheiros de trabalho soterrados'

- Todos estão infelizes aqui. Hatay está arrasado! Todo mundo está morrendo em Hatay. Ambulância ajuda aqui por favor. As coisas estão muito ruins aqui. Socorro, não conseguimos alcançar as pessoas. Quem vier, venha agora. Não conseguimos alcançar ninguém - afirmou o técnico.

O país se encontra de luto após a tragédia, até o momento já foram confirmadas mais de duas mil mortes nas regiões afetadas. A Turquia foi o país que mais sofreu com o abalo sísmico e acumula o maior número de atingidos. Os dados da Agência de Gerenciamento de Emergências e Desastres informa que pelo menos 1.498 pessoas morreram e 8.533 pessoas ficaram feridas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.