Lance Autor de um dos gols do Londrina, Adenílson provoca o Vitória

Autor de um dos gols do Londrina, Adenílson provoca o Vitória

Jogador alegou em entrevista dada à beira do gramado que não foi devidamente valorizado em 2010 quando acabou dispensado da base do clube baiano

Lance
Lance

Lance

Lance

Além de ter significado o primeiro triunfo obtido pelo Londrina na atual edição da Série B, o meia Adenílson não se conteve e revelou, em entrevista à beira do gramado após o placar de 2 a 1 sobre o Vitória no Barradão, a mágoa que carrega para com o Leão da Barra.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Segundo sua avaliação, ele poderia ter sido mais valorizado por ter a oportunidade de passar nove anos defendendo as categorias de base do Vitória.

Depois dali, Adenílson rodou por várias equipes do futebol nacional (Fortaleza, Remo e América-RN, dentre outras) bem como uma experiência na Tailândia, onde defendeu o Chiangrai United, antes de chegar ao Tubarão na última temporada.

- Parabenizar a nossa equipe, agradecer a Deus e ao meu pai. É um cara que sempre me falou para não desistir. Tive uma passagem aqui no Vitória, joguei nove anos na base, não fui valorizado, mas Deus mostrou que sou capaz de jogar em alto nível. Agradecer a Deus por tudo. Muito feliz (pela vitória), principalmente fora de casa. Ganhar aqui do Vitória é muito bom, abraço para os torcedores do Vitória - disparou o nome hoje com 29 anos de idade.

Últimas