Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

ATUAÇÕES: Pedro é eficiente e leva a melhor nota do Flamengo contra o Vasco; Santos e Matheus França vão bem

Lance

Lance|Do R7

Não foi uma atuação de encher os olhos, mas o Flamengo venceu o Vasco por 3 a 1, no Maracanã, e garantiu a vaga na final do Campeonato Carioca. Os grandes nomes da vitória foram Santos, Ayrton Lucas, Pedro e Matheus França. Confira as notas do LANCE! nesta galeria! (Por Matheus Dantas - mattheusdantas@lancenet.com.br)
Não foi uma atuação de encher os olhos, mas o Flamengo venceu o Vasco por 3 a 1, no Maracanã, e garantiu a vaga na final do Campeonato Carioca. Os grandes nomes da vitória foram Santos, Ayrton Lucas, Pedro e Matheus França. Confira as notas do LANCE! n... Armando Paiva / LANCE!
SANTOS - 7,5 - Iniciou a partida fazendo duas ótimas defesas antes do Vasco abrir o placar, em lance que o camisa 1 não teve culpa. Voltou a trabalhar bem na etapa final, evitando que o adversário fizesse mais gols.
SANTOS - 7,5 - Iniciou a partida fazendo duas ótimas defesas antes do Vasco abrir o placar, em lance que o camisa 1 não teve culpa. Voltou a trabalhar bem na etapa final, evitando que o adversário fizesse mais gols. SANTOS - 7,5 - Iniciou a partida fazendo duas ótimas defesas antes do Vasco abrir o placar, em lance que o camisa 1 não teve culpa. Voltou a trabalhar bem na etapa final, evitando que o adversário fizesse mais gols.
FABRÍCIO BRUNO - 7,0 - Destoou positivamente dos seus companheiros de zaga. Firme nos combates e bem posicionado, fez um jogo seguro nos 90 minutos. É o melhor zagueiro do Flamengo na temporada.
FABRÍCIO BRUNO - 7,0 - Destoou positivamente dos seus companheiros de zaga. Firme nos combates e bem posicionado, fez um jogo seguro nos 90 minutos. É o melhor zagueiro do Flamengo na temporada. FABRÍCIO BRUNO - 7,0 - Destoou positivamente dos seus companheiros de zaga. Firme nos combates e bem posicionado, fez um jogo seguro nos 90 minutos. É o melhor zagueiro do Flamengo na temporada.
RODRIGO CAIO - 5,5 - Atuou centralizado entre os zagueiros e foi importante na saída de bola, em especial no primeiro tempo. Na volta do intervalo, cometeu alguns vacilos e, cansado, foi substituído.
RODRIGO CAIO - 5,5 - Atuou centralizado entre os zagueiros e foi importante na saída de bola, em especial no primeiro tempo. Na volta do intervalo, cometeu alguns vacilos e, cansado, foi substituído. RODRIGO CAIO - 5,5 - Atuou centralizado entre os zagueiros e foi importante na saída de bola, em especial no primeiro tempo. Na volta do intervalo, cometeu alguns vacilos e, cansado, foi substituído.
DAVID LUIZ - 5,5 - Retornou ao time após recuperar-se de lesão e teve dificuldades na partida, especialmente nos duelos individuais. Logo no início do jogo, recebeu cartão por impedir ataque em velocidade com falta em Pec, mas não comprometeu.
DAVID LUIZ - 5,5 - Retornou ao time após recuperar-se de lesão e teve dificuldades na partida, especialmente nos duelos individuais. Logo no início do jogo, recebeu cartão por impedir ataque em velocidade com falta em Pec, mas não comprometeu. DAVID LUIZ - 5,5 - Retornou ao time após recuperar-se de lesão e teve dificuldades na partida, especialmente nos duelos individuais. Logo no início do jogo, recebeu cartão por impedir ataque em velocidade com falta em Pec, mas não comprometeu.
THIAGO MAIA - 6,0 - O camisa 8 liderou o Flamengo em desarmes, mas não conseguiu, sozinho, fazer o time ter o domínio do meio de campo. Esteve sobrecarregado na marcação.
THIAGO MAIA - 6,0 - O camisa 8 liderou o Flamengo em desarmes, mas não conseguiu, sozinho, fazer o time ter o domínio do meio de campo. Esteve sobrecarregado na marcação. THIAGO MAIA - 6,0 - O camisa 8 liderou o Flamengo em desarmes, mas não conseguiu, sozinho, fazer o time ter o domínio do meio de campo. Esteve sobrecarregado na marcação.
GERSON - 5,0 - De volta ao time titular, o volante foi um símbolo da atuação ruim do Flamengo. Muita dificuldade com a bola e, em especial no segundo tempo, caiu demais de rendimento, cometendo erros em sequência até deixar o jogo.
GERSON - 5,0 - De volta ao time titular, o volante foi um símbolo da atuação ruim do Flamengo. Muita dificuldade com a bola e, em especial no segundo tempo, caiu demais de rendimento, cometendo erros em sequência até deixar o jogo. GERSON - 5,0 - De volta ao time titular, o volante foi um símbolo da atuação ruim do Flamengo. Muita dificuldade com a bola e, em especial no segundo tempo, caiu demais de rendimento, cometendo erros em sequência até deixar o jogo.
EVERTON CEBOLINHA - 5,5 - Atuou improvisado como ala pelo lado direito. O camisa 11 mostrou disposição, mas teve dificuldade na parte defensiva e o Vasco encontrou espaços por ali. No ataque, não contribuiu para a atuação do Flamengo.
EVERTON CEBOLINHA - 5,5 - Atuou improvisado como ala pelo lado direito. O camisa 11 mostrou disposição, mas teve dificuldade na parte defensiva e o Vasco encontrou espaços por ali. No ataque, não contribuiu para a atuação do Flamengo. EVERTON CEBOLINHA - 5,5 - Atuou improvisado como ala pelo lado direito. O camisa 11 mostrou disposição, mas teve dificuldade na parte defensiva e o Vasco encontrou espaços por ali. No ataque, não contribuiu para a atuação do Flamengo.
AYRTON LUCAS - 7,5 - Muito acionado, fez um bom primeiro tempo e participou dos principais lances de ataque do Flamengo. Foi mais discreto após o intervalo, sendo muito exigido na marcação, mas coroou a atuação ao marcar o terceiro gol do Flamengo, já no fim.
AYRTON LUCAS - 7,5 - Muito acionado, fez um bom primeiro tempo e participou dos principais lances de ataque do Flamengo. Foi mais discreto após o intervalo, sendo muito exigido na marcação, mas coroou a atuação ao marcar o terceiro gol do Flamengo, já ... AYRTON LUCAS - 7,5 - Muito acionado, fez um bom primeiro tempo e participou dos principais lances de ataque do Flamengo. Foi mais discreto após o intervalo, sendo muito exigido na marcação, mas coroou a atuação ao marcar o terceiro gol do Flamengo, já no fim.
ARRASCAETA - 6,0 - Era dúvida para a partida por conta de dores no púbis e visivelmente não estava nas melhores condições em campo. Não foi uma atuação de destaque, mas, mesmo assim, conseguiu participar de alguns bons lances.
ARRASCAETA - 6,0 - Era dúvida para a partida por conta de dores no púbis e visivelmente não estava nas melhores condições em campo. Não foi uma atuação de destaque, mas, mesmo assim, conseguiu participar de alguns bons lances. ARRASCAETA - 6,0 - Era dúvida para a partida por conta de dores no púbis e visivelmente não estava nas melhores condições em campo. Não foi uma atuação de destaque, mas, mesmo assim, conseguiu participar de alguns bons lances.
GABI - 4,5 - Atuação muito discreta do camisa 10. Pouco produziu ofensivamente, e, na única chance que teve, acabou finalizando para defesa de Léo Jardim. Acabou substituído por Vítor Pereira, o que é algo raro.
GABI - 4,5 - Atuação muito discreta do camisa 10. Pouco produziu ofensivamente, e, na única chance que teve, acabou finalizando para defesa de Léo Jardim. Acabou substituído por Vítor Pereira, o que é algo raro. GABI - 4,5 - Atuação muito discreta do camisa 10. Pouco produziu ofensivamente, e, na única chance que teve, acabou finalizando para defesa de Léo Jardim. Acabou substituído por Vítor Pereira, o que é algo raro.
PEDRO - 8,0 - Em um jogo de poucas oportunidades para o Flamengo, o artilheiro mostrou a eficiência de sempre. Abriu o placar de fora da área, contando com desvio na zaga, e cobrou bem o pênalti em momento decisivo, no qual o Vasco eram melhor.
PEDRO - 8,0 - Em um jogo de poucas oportunidades para o Flamengo, o artilheiro mostrou a eficiência de sempre. Abriu o placar de fora da área, contando com desvio na zaga, e cobrou bem o pênalti em momento decisivo, no qual o Vasco eram melhor. PEDRO - 8,0 - Em um jogo de poucas oportunidades para o Flamengo, o artilheiro mostrou a eficiência de sempre. Abriu o placar de fora da área, contando com desvio na zaga, e cobrou bem o pênalti em momento decisivo, no qual o Vasco eram melhor.
VIDAL - 5,5 - Entrou para dar maior poder de marcação ao meio de campo do Flamengo, mas não teve sucesso diante da atuação coletiva ruim da equipe.
VIDAL - 5,5 - Entrou para dar maior poder de marcação ao meio de campo do Flamengo, mas não teve sucesso diante da atuação coletiva ruim da equipe. VIDAL - 5,5 - Entrou para dar maior poder de marcação ao meio de campo do Flamengo, mas não teve sucesso diante da atuação coletiva ruim da equipe.
VARELA - 6,0 - Substituiu o improvisado Everton Cebolinha e deu maior segurança ao lado direito.
VARELA - 6,0 - Substituiu o improvisado Everton Cebolinha e deu maior segurança ao lado direito. VARELA - 6,0 - Substituiu o improvisado Everton Cebolinha e deu maior segurança ao lado direito.
EVERTON RIBEIRO - 6,0 - O meia conseguiu manter um pouco mais a posse de bola com o Flamengo. Vive uma situação atípica no time, como reserva, mas segue como alternativa importante.
EVERTON RIBEIRO - 6,0 - O meia conseguiu manter um pouco mais a posse de bola com o Flamengo. Vive uma situação atípica no time, como reserva, mas segue como alternativa importante. EVERTON RIBEIRO - 6,0 - O meia conseguiu manter um pouco mais a posse de bola com o Flamengo. Vive uma situação atípica no time, como reserva, mas segue como alternativa importante.
MATHEUS FRANÇA - 7,5 - Entrou no lugar de Arrascaeta e mudou completamente o jogo. Foi o responsável pelas principais jogadas do Flamengo, iniciando a jogada e sofrendo o pênalti cobrado por Pedro.
MATHEUS FRANÇA - 7,5 - Entrou no lugar de Arrascaeta e mudou completamente o jogo. Foi o responsável pelas principais jogadas do Flamengo, iniciando a jogada e sofrendo o pênalti cobrado por Pedro. MATHEUS FRANÇA - 7,5 - Entrou no lugar de Arrascaeta e mudou completamente o jogo. Foi o responsável pelas principais jogadas do Flamengo, iniciando a jogada e sofrendo o pênalti cobrado por Pedro.
LÉO PEREIRA - 6,5 - O zagueiro entrou e cumpriu sua função na bola aérea, que foi a aposta do Vasco nos minutos finais.
LÉO PEREIRA - 6,5 - O zagueiro entrou e cumpriu sua função na bola aérea, que foi a aposta do Vasco nos minutos finais. LÉO PEREIRA - 6,5 - O zagueiro entrou e cumpriu sua função na bola aérea, que foi a aposta do Vasco nos minutos finais.
VÍTOR PEREIRA - 5,0 - O Flamengo foi dominado pelo Vasco e não apresentou evolução em relação aos últimos jogos. Sem impor seu ritmo de jogo, o time não teve a posse de bola e foi mal defensivamente. O ponto positivo foi a entrada de Matheus França.
VÍTOR PEREIRA - 5,0 - O Flamengo foi dominado pelo Vasco e não apresentou evolução em relação aos últimos jogos. Sem impor seu ritmo de jogo, o time não teve a posse de bola e foi mal defensivamente. O ponto positivo foi a entrada de Matheus França. VÍTOR PEREIRA - 5,0 - O Flamengo foi dominado pelo Vasco e não apresentou evolução em relação aos últimos jogos. Sem impor seu ritmo de jogo, o time não teve a posse de bola e foi mal defensivamente. O ponto positivo foi a entrada de Matheus França.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.