Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Atlético-MG 'truca' e dificulta saída de Allan para o Palmeiras

Em meio ao interesse do Verdão, a equipe mineira procurou o jogador e ofereceu uma renovação contratual com valorização salarial

Lance|

Lance
Lance Lance

O Palmeiras vivia a expectativa de que pudesse avançar na busca pelo volante Allan, do Atlético-MG, nesta quinta-feira (16). Mas antes que as reuniões programadas com representantes, tanto do clube mineiro, quanto do jogador, acontecessem, o Galo procurou o atleta para intensificar as conversas para uma renovação contratual com aumento salarial.

A direção atleticana já havia acenado ao meio-campoista há, pelo menos, uma semana a possibilidade de valorização, mas os primeiros passos para isso foram dados nesta manhã, quando a equipe de BH procurou o estafe do profissional.

+ Palmeiras chega à décima semifinal de Paulista seguida; relembre o retrospecto

A tendência é que esse acerto se concretize, o que tiraria o Verdão da briga pelo volante. O trunfo palmeirense estava no alinhamento que tinha com o representante do jogador, Giuliano Bertolucci, que vinha convencendo Allan sobre o projeto esportivo palmeirense.

Publicidade

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

Nas primeiras conversas em busca do jogador, que aconteceram no início de março, o Palmeiras ofereceu 9 milhões de euros (R$ 50,7 mi, na cotação atual), valor recusado pela direção atleticana. A oferta é negada pelo clube alviverde.

Publicidade

Mesmo com a negativa inicial, os palestrinos não desistiram de contar com Allan. Eles mantiveram contato com Bertolucci, que tinha compromisso firmado com o Verdão de ajudar o clube encontrar no mercado uma solução para a saída de Danilo, que também pertence ao agente, ao Nottingham Forest, da Inglaterra, em janeiro deste ano.

Allan - Atlético-MG
Allan - Atlético-MG Allan - Atlético-MG

Allan em ação pelo Galo na Libertadores deste ano, contra o Carabobo (VEN) (Foto: Pedro Souza/Atletico)

Publicidade

Foi por meio de Giuliano Bertolucci, que o Palmeiras acenou a possibilidade de pagar até 11 milhões de euros (R$) pelo volante do Atlético-MG. A informação, a princípio, mexeu com responsáveis pela parte administrativa e financeira do clube mineiro. Por outro lado, os representantes do futebol, em especial o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano e o técnico Eduardo Coudet sempre se mostraram contrários à venda de Allan, principalmente a um rival direto nas principais competições da temporada, como o Brasileirão e a Libertadores.

+ Confira os jogos semifinais do Paulistão e faça as simulações

Publicidade

No entanto, a atitude atleticana de intensificar o interesse na renovação foi uma estratégia do time de Minas Gerais para manter o jogador. O que tem boas chances de acontecer.

Atualmente, o salário de Allan está distante de estar entre os maiores do elenco. Ele gira em torno dos R$ 400 mil mensais e pode chegar até o dobro com a renovação contratual.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.