Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Atlético-MG se pronuncia e diz que Eduardo Coudet não é mais treinador da equipe

Após o técnico se despedir dos jogadores na noite de sábado(10), o clube se posicionou

Lance|

Lance
Lance Lance

O técnico Eduardo Coudet não é mais treinador do Atlético-MG. O clube mineiro se posicionou, na tarde deste domingo (11), em suas redes sociais, comunicando que as recentes atitudes do técnico argentino indicam que ele não comanda mais a equipe. O imbróglio da vez começou quando, surpreendentemente, o então técnico do Galo iniciou as despedidas do elenco alvinegro após o empate em casa por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, na noite de sábado, 10 de junho, pelo Campeonato Brasileiro. Chacho adotou tom de despedida com os jogadores, e o clima esquentou no vestiário.

+ Atlético-MG sem treinador: veja técnicos brasileiros que estão sem clube

A diretoria do clube mineiro se irritou e resolveu anunciar a saída do treinador, que chegou no início de 2023 para o lugar de Cuca. Foram 35 jogos, com 21 vitórias, 8 empates e 6 derrotas à frente do Alvinegro, com a conquista do Campeonato Mineiro deste ano.

O Galo informa que:

Publicidade

1. Ontem, dia 10/06/2023, no vestiário do Mineirão, após o jogo contra o Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador Eduardo Coudet comunicou a todos os presentes sua decisão de sair do Clube;

2. Diante do fato, Coudet não é mais o nosso… pic.twitter.com/zOClN6uQOR— Atlético (@Atletico) June 11, 2023

Publicidade

Coudet voltou a manifestar sua insatisfação com a qualidade do elenco do Galo, gerando novo atrito com o diretor de futebol do clube, Rodrigo Caetano, que defendeu os atletas. O técnico viajou para a Argentina em seguida. O time mineiro só volta a treinar na próxima quarta-feira (14), já sabendo que não terá a volta do argentino.

O argentino repetiu a postura, mas não de forma pública, da coletiva após o jogo contra o Libertad, na estreia do Atlético na fase de grupos da Libertadores. Na ocasião, ele questionou o projeto apresentado pela diretoria alvinegra e também por não ter recebido reforços que pediu, além de perder jogadores que foram negociados.

Publicidade

Interrompido por Rodrigo Caetano enquanto falava no último sábado, Coudet ameaçou falar por cima do diretor de futebol, mas o executivo citou a hierarquia no clube para rebatê-lo. O dirigente ainda ressaltou que confiava no potencial dos jogadores e na capacidade do grupo brigar pelo Brasileiro e pela Libertadores.

Depois de falar com o elenco no vestiário, Coudet se dirigiu para a sala de imprensa do Mineirão e não comentou nada sobre uma possível saída, mas foi menos enfático nas respostas, como de costume, e até menos incisivo com os questionamentos dos jornalistas.

A saída de Coudet vai gerar um novo problema para o Atlético em relação ao pagamento de uma multa acima dos R$ 20 milhões, que o Galo quer cobrar na Justiça do treinador. Outro contratempo é ter de arrumar um substituto para seguimento na temporada, sendo que o time tem compromisso essencial no dia 27 deste mês, quando decide com o Libertad-PAR uma vaga nas oitavas de final da Libertadores.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.