Lance Atlético-MG presta homenagem a torcedor-símbolo que faleceu por complicações de um câncer

Atlético-MG presta homenagem a torcedor-símbolo que faleceu por complicações de um câncer

Felipe Silveira não deixou de celebrar o Galo nem nos piores momentos da doença e recebeu visitas do clube, como do técnico Cuca e do presidente Sérgio Coelho

Lance
Lance

Lance

Lance

Infelizmente a luta do torcedor do Atlético-MG, Felipe Silveira,de 36 anos, não pôde ser vencida por ele. Felipe faleceu nesta quinta-feira, 29 de julho, em decorrência de complicações de um câncer no estômago.

Felipe ficou conhecido, pois mesmo nos piores momentos da doença, nunca deixou de postar seu amor pelo Galo nas redes sociais, ganhando o apoio de outros milhares de torcedores atleticanos e de outras equipes. O alvinegro prestou uma homenagem ao rapaz.

-O #Galo se solidariza aos familiares e amigos do Atleticano Felipe Silveira, que morreu hoje, em Belo Horizonte. Desde 2018, Felipe lutava contra um câncer no estômago. Recentemente, recebeu o carinho de jogadores e membros da diretoria e comissão técnica do Atlético- escreveu o clube.

Felipe fazia relatos diários nas redes sociais sobre seu estado de saúde, gerando grande comoção. Sua batalha contra a doença vem desde 2018. Seu caso chegou ao conhecimento do clube, que teve vários gestos solidários, além das visitas de jogadores, do técnico Cuca e do presidente Sérgio Coelho, que foram ao hospital ver o torcedor e dar apoio na sua caminhada.



-Conte conosco para vencer essa batalha! Lutar e acreditar são verbos que fazem parte da natureza atleticana. O #Galo também torce pela Massa. O #Galo torce por você!- postou o clube em redes sociais.


As mensagens de Felipe trouxeram não só sua batalha pela vida, mas uma serenidade com o momento, lamentando apenas que poderia não ter tempo de ver a Arena MRV, futuro estádio alvinegro, pronta. As postagens geraram uma onda positiva de sentimentos em tempo de ânimos acirrados nas redes sociais.

- Mais uma vez digo, estou em paz, fiz tudo que a medicina me disponibilizou, segui todos os passos, porém, a vida é assim. Ainda vocês irão ver Twitter meu por aqui, sobre a vida , sobre o Galo. Não estão livres de mim Rsrsr. E um pedido, hoje, quando chegarem em casa, abracem seus pais, seus irmãos, bata o cotovelo no cotovelo de seu amigo, deixem viver, deixem se realizarem. Mais cuidado com essa doença da Covid, ela continua matando gente por aí. Aprendam a escutar mais o próximo, e aceitar o próximo como ele é - escreveu em uma das suas últimas postagens.

Últimas