Lance Atlético-MG entra com recurso na Conmebol para anular expulsão de Nacho Fernández

Atlético-MG entra com recurso na Conmebol para anular expulsão de Nacho Fernández

O Galo questiona a decisão da arbitragem do duelo com o River e tenta liberar o jogar para o confronto de volta, na próxima quarta-feira, 18 de agosto

Lance
Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG não aceitou a expulsão de Nacho Fernández diante do River Plate, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores, em lance revisado pelo VAR e entrou com um recurso na Conmebol para anular o cartão vermelho aplicado ao meia.

O Galo diz que houve irregularidade na revisão do lance, O clube mineiro usou os áudios e imagens divulgados pela Conmebol para questionar a atitude dos árbitros.

-O árbitro de campo só poderia ser chamado pelo VAR para realizar a checagem do lance caso os operadores interpretassem a ocorrência de suposta infração por ‘força excessiva - diz a nota do Atlético.

O Atlético indicou nas sua contestação que “os operadores do VAR caracterizaram, repetidamente, o lance como "força média", onde seria cabível tão apenas a apresentação do cartão amarelo, hipótese esta em que o juiz de campo não poderia ter sido chamado para revisar o lance, sendo manifestamente desproporcional a aplicação da expulsão.”

Nacho, autor do gol da vitória sobre o River em Buenos Aires, foi expulso aos 35 minutos do segundo tempo, em uma jogada envolvendo o jogador do Galo e Angileri, com Nacho “solando” o adversário. O árbitro Jesus Valenzuela, da Venezuela, n]ao marcou falta, mas foi chamado à revisão pelo VAR, comandado por Jhon Ospina, da Colômbia. Logo depois de ver as imagens, de forma repetida, a decisão final foi pela expulsou de Nacho.

Caso consiga anular o cartão, o meia poderá jogar a partida de volta contra o River, quarta-feira, 18 de agosto, no Mineirão. O Galo joga pelo empate para avançar às semifinais.

Últimas