Lance Atlético-MG e Cruzeiro têm contratos de patrocínio suspensos

Atlético-MG e Cruzeiro têm contratos de patrocínio suspensos

A dupla ficará dois meses sem receber repasses por conta da paralisação do futebol 

Lance
Lance

Lance

Lance

A falta de futebol tem gerado prejuízos para os clubes que já sentem os impactos da parada forçada por conta da pandemia do coronavírus, que assola o mundo. Patrocinadores das equipes mineiras já negociam redução e até mesmo suspensões de pagamento das parcelas mensais aos clubes.

Um dos casos de suspensão é da Multimarcas Consórcios, patrocinadora de Atlético-MG e Cruzeiro, que estampa sua marca no uniforme das duas maiores equipes de Minas Gerais. A informação foi veiculada inicialmente pelo site Fala Galo e confirmada pelo LANCE!.

Fabiano Lopes, dono da Multimarcas confirmou que houve a suspensão e o motivo de parar os repasses é pela falta de exposição da sua empresa sem os jogos e atividades no futebol. O acordo com Galo e Raposa de suspensão foi feito na última semana. A suspensão dos contratos com os clubes será por dois meses inicialmente, sendo que o acordo será prorrogado pelo mesmo período posteriormente quando o futebol voltar.

Além da Multimarcas Consórcios, o Galo teve outro contrato de patrocínio suspenso: da Autotruck, empresa de proteção veicular. A paralisação nos repasses também será por dois meses, com prorrogação automática quando a bola voltar a rolar.

O Campeonato Mineiro está parado desde o dia 16 de março e a FMF indica que poderá voltar depois do dia 30 de abril, mas sem dar 100% de certeza, já que somente as autoridades de saúde poderão decidir se há condições para atividades esportivas públicas.

Últimas