Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Atlético-MG corre risco de 'transfer ban', e precisa quitar dívida com o volante Jair e seu agente; entenda o caso

Pendência de R$ 1,3 milhão com a empresa Prattes Group se refere à transação de Jair quando chegou ao Galo, comprado junto ao Sport...

Lance|

Lance
Lance Lance

Recentemente, o Atlético-MG até conseguiu quitar as pendências salariais e de premiações com os elencos masculino e feminino. No entanto, ainda existem muitos débitos na vida do Galo, e um deles precisa ser tratado como urgência. O time alvinegro tem, na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF, uma dívida de R$ 1,3 milhão com a empresa Prattes Group, que agencia a carreira do volante Jair, atualmente no Vasco.

O time alvinegro tem um prazo (não conhecido) para normalizar a situação. Caso isso não aconteça, uma das possíveis sanções é o chamado transfer ban, ou seja, a impossibilidade de registrar novos atletas. A dívida se refere à compra de Jair pelo Atlético-MG, junto ao Sport Recife, ainda em 2019.

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

O 'Caso Jair', inclusive, ainda pode trazer mais complicações ao Atlético-MG. Acontece que também existem pendências em relação à venda do atleta ao Vasco, no início desta temporada, mas que ainda não foram ajuizadas, seja na Justiça Comum ou CNRD. Por hora, portanto, o Galo terá que pagar somente o valor citado acima.

Campeão mineiro, brasileiro, da Copa do Brasil e da Supercopa do Brasil pelo Atlético-MG, o jogador foi cedido ao time carioca pelo valor de R$ 13 milhões. Antes disso, Jair fez 171 partidas e marcou 13 gols em três temporadas pelo Galo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.