Atlético-GO demite Cristóvão Borges com apenas uma derrota

Técnico obteve 66% de aproveitamento no comando do Dragão mas mesmo assim não agradou a diretoria, que agora busca mais um técnico para comandar o time.

Lance

Lance

Lance

O Atlético-GO demitiu Cristóvão Borges do cargo de Técnico. O anúncio aconteceu na noite desta terça-feira nas páginas do clube. Segundo a nota, o clube não estava satisfeito com a metodologia do trabalho do treinador.

Cristóvão Borges ficou apenas 37 dias no comando do Dragão e conseguiu bons resultados: está vivo na segunda fase da Copa do Brasil e está na segunda colocação do Campeonato Goiano. O técnico comandou a equipe por sete partidas e obteve o aproveitamento de 66%: quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Além dos bons números, o time de Cristóvão derrotou o Goiás, grande rival no estado, por 3 a 0.

O Atlético-GO que já teve dificuldade de contratar um treinador na pré-temporada, tanto que durante todo o período o auxiliar Eduardo Souza comandou a equipe, agora novamente volta ao mercado. Eduardo Barroca, hoje no Coritiba, terminou a última temporada no clube mas decidiu não permanecer.