Lance Atleta da NFL apaga tatuagem 'extremista' e pede desculpas: 'É vergonhoso tê-la por ignorância'

Atleta da NFL apaga tatuagem 'extremista' e pede desculpas: 'É vergonhoso tê-la por ignorância'

O jogador foi a 159º escolha do draft de 2020. Após aparecer na mídia, Justin recebeu diversos pedidos para apagar a tatuagem

Lance
Lance

Lance

Lance

O chutador Justin Rohrwasser, do New England Patriots, cumpriu a promessa de apagar uma tatuagem com a logotipo dos 'três por cento', considerada por especialistas como pertencente a uma milicia perigosa ligada a grupos racistas. O jogador disse que fez a tatuagem aos 18 anos e não sabia o real significado.

- É vergonhoso tê-la lá por ignorância. Isso não é quem eu sou - disse o jogador de 23 anos ao site 'TMZ'.

O jogador foi a 159º escolha do draft de 2020. Após aparecer na mídia, Justin foi acusado de extremismo por algumas pessoas nas redes e recebeu diversos pedidos para apagar a tatuagem. Justin se mostrou muito envergonhado e afirmou que iria apagar a figura por diversas vezes antes de cumprir o prometido.

- Sinto muito por toda a minha família que precisa me defender. Colocá-los nessa posição comprometida é um dos maiores arrependimentos que já terei, então para eles, me desculpe. Eu vou aprender com isso - completou.

Últimas