Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Atleta com síndrome de down representa o Brasil em competição internacional de judô inclusivo

Aos 18 anos, judoca  já venceu mais de 20 torneios nacionais da modalidade e conseguiu patrocínio para a viagem 

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Matheus Moreira é treinado pelo irmão e revela sonho (Foto: Divulgação/Boletim Osotogari)

"Conquistar a faixa preta e viver do judô”. Esse é o sonho do faixa verde Matheus Moreira, espelhado em seu irmão Guilherme, que dá aula de judô para crianças autistas no Instituto Priorit, no Rio de Janeiro. Para alcançar seu sonho, Matheus treina duro em Petrópolis, com aulas intensivas e acompanhamento de personal trainer. Com foco total, ele se prepara para a Ben van der Eng Memorial 2023 (BENG), na Holanda, um dos principais torneios mundiais de judô inclusivo.

O Brasil Sem Alergia, projeto social que oferece tratamento gratuito para alergias e doenças imunológicas na Baixada Fluminense, decidiu patrocinar a viagem do atleta.

- Após conhecer sua história, decidimos patrocinar a viagem do atleta, verdadeiro exemplo de determinação e força de vontade - comenta o médico Marcello Bossois, coordenador do Brasil Sem Alergia.

- Sem essa ajuda, não conseguiríamos levar o Matheus para a competição - conta André Moreira, pai do judoca.

Publicidade
Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down
Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down

Matheus conta com o apoio da família nessa empreitada (Foto: Arquivo pessoal)

A ação social, que já realizou mais de 500 mil atendimentos gratuitos em alergias e doenças imunológicas, recebe muitos pacientes com síndrome de Down, em função da fragilidade do sistema imune destes pacientes. Inclusive, abril é o mês de conscientização das imunodeficiências primárias, condição frequentemente encontrada em pessoas com Down.

Publicidade

Com o apoio da Associação Brasileira do Judô Inclusivo, Matheus já participou de quase 40 torneios nacionais em São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Campeão em mais da metade das disputas, o objetivo agora é trazer a primeira medalha internacional. A competição holandesa é 100% adaptada e conta com ampla estrutura e toda preparação para diferentes tipos de deficiências.

Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down
Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down

Matheus (de azul) em seu primeiro título como judoca (Foto: Arquivo pessoal)

Publicidade

Em sua 23ª edição, o torneio recebe delegações com atletas de inúmeros países, inclusive com a participação de mestres do Japão, berço do judô. A disputa é dividida em três categorias, com base em critérios de habilidades e pesos dos atletas. Matheus e sua família embarcam na próxima segunda, dia 10, com início do torneio em 14 de abril.

Para o atleta, judô é muito mais que hobby, é estilo de vida. Além do irmão, ele segue também os passos do pai, faixa marrom. Desde que começou a praticar o esporte há quase 10 anos, Matheus não parou mais. Em busca da preta, treina cinco vezes por semana, inclusive aos sábados e domingos. O diagnóstico da síndrome de Down foi feito após seu nascimento. Com apenas um ano de vida, Matheus foi submetido a uma cirurgia cardíaca.

Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down
Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down Matheus Moreira, atleta brasileiro com síndrome de down

Matheus sonha em viver de judô (Foto: Arquivo pessoal)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.