Athirson analisa possível ida de Arthur para a Juventus

Ex-lateral esquerdo do Flamengo e da Velha Senhora diz que mudança de ambiente para brasileiro pode ser positiva e encaixe no estilo de jogo pode ser fácil

Lance

Lance

Lance

O meio-campista Arthur está cada vez mais próximo de acertar sua ida para a Juventus, de acordo com a imprensa italiana e catalã. Foram meses de negociações se arrastando e muita insistência do time comandado por Maurizio Sarri. O brasileiro tinha dito que gostaria de permanecer no Barcelona, mas a falta de oportunidades com Quique Setién pode ter sido um fator que o fez mudar de ideia.

O atleta, formado no Grêmio, assinou seu primeiro contrato com a equipe blaugrana há duas temporadas e tem vínculo até 24. No entanto, a troca entre os dois clubes em que pode levar Pjanic ao time culé está perto de se concretizar. Apesar das primeiras negativas do meia de 23 anos, buscar novos ares pode fazer bem para sua carreira.

O ex-lateral esquerdo Athirson, com duas passagens pela Velha Senhora entre 2001 e 2004, com idas e vindas para o Flamengo, conversou com o LANCE! sobre o que o brasileiro pode esperar em um novo país e um novo clube.

- A Juventus e um time que domina o futebol italiano há alguns anos. Acredito que ele já vai encontrar um time estruturado, com jogadores com muito potenciais. Acredito que ele vai se adaptar muito bem até pelo estilo de jogo que a Juventus hoje propõe, diferente de outro anos em que jogava muito defensivamente, e pelas qualidades e características dele.

Confira outras análises de Athirson sobre a possível transferência de Arthur para a Juventus na próxima temporada.

LANCE!: Você acredita que entrar em um time já consolidada, que possui uma hegemonia no futebol italiano, facilita o encaixe?

Athirson: É muito mais fácil. Acredito que ele consiga se adaptar de forma muito rápida até pelo fato da estrutura de jogo. A qualidade e inteligência de leitura de jogo dos companheiros é muito alta.

L!: Nas últimas partidas, o Arthur não tem sido muito aproveitado e não tem feito boas atuações. Essas especulações podem mexer com a cabeça do jogador?

Athirson: Quando você tem uma possibilidade de transação de clube, de negociação, isso fica muito presente na sua mente, as possibilidades que podem acontecer. ele joga em um grande clube. Tem que entender o motivo dele não estar rendendo. Mas ele vai sair de um grande time para outro grande time. Tem que entender o processo dele, mas se tiver essa mudança será importante para trazer uma nova auto-estima, oportunidade.

L!: Então uma mudança de ares poderia ser positiva?

Athirson: Eu acredito muito nisso. Muitos jogadores, às vezes, não se encaixam em uma condição de jogo. Eu acho que quando vem uma mudança, pode trazer uma motivação maior e trazer um aspecto positivo para a carreira dele. É um jogador com potencial de Seleção Brasileira. Ele jogando, aparecendo, vai ser titular da Seleção Brasileira. Eu acredito que quando surgem essas dificuldades, uma mudança de ar pode trazer uma alegria muito grande nesse processo de adaptação, de jogo. Isso faz parte também do período da inteligência emocional que hoje em dia a gente vê a importância de ser trabalhada no contexto do futebol.