Lance Apresentado no Vasco, Edimar elogia Riquelme como 'talento nato' e destaca: 'Vamos fazer um grande ano'

Apresentado no Vasco, Edimar elogia Riquelme como 'talento nato' e destaca: 'Vamos fazer um grande ano'

Lateral disse que teve propostas de equipes da Série A, mas optou pelo Cruz-Maltino por sua tradição. Ele citou que já tem o respeito do jovem, que encantou a torcida em 2021

Lance
Lance

Lance

Lance

Para trazer experiência e boa marcação pelo lado esquerdo, Edimar chegou ao Vasco. Em sua apresentação, o novo camisa 6 explicou que teve outras propostas, inclusive de clubes da Série A, mas optou pelo Cruz-Maltino por seu tamanho e tradição no futebol brasileiro. O lateral também falou da alegria de vestir o mesmo número de um dos maiores ídolos: Felipe, e da relação com o jovem e promissor Riquelme.

- O que pesou para jogar no Vasco foi o tamanho da camisa, da história. Fiz uma temporada muito boa pelo RB Bragantino, chegamos à final da Sul-Americana. Tinha propostas da Série A, mas escolhi vir para o Vasco pelo tamanho e pela camisa. Para a minha carreira vestir essa camisa é muito importante. Vamos fazer um grande ano - disse o lateral, e emendou ao falar de Felipe:

+ Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro 2021

- Quem não conhece a história do Felipe no Vasco? Depois virou meia, mas fez história no clube, assim como o Mazinho, o Riquelme, que tem uma margem de progressão muito grande. Fizeram grandes jogadores aqui, e eu sei da responsabilidade. Espero honrar essa camisa - disse Edimar.

O jogador chega para disputar a posição com Riquelme, que foi um dos poucos destaques do Vasco na última temporada. Aos 35 anos, o jogador pode orientar o jovem, que precisa ser lapidado e começará a sua primeira temporada desde o início entre os profissionais.

+ Experiência x força ofensiva: laterais do Vasco são preenchidas com semelhança para 2022

- Sou muito tranquilo. Vivi fora do país por oito anos e você aprende a respeitar seu companheiro de posição. O Riquelme tem um talento nato, passagem por Seleção e carinho do torcedor. Não é porque sou mais velho que eu não vou respeitá-lo. E já senti o respeito por parte dele. Vamos fazer nossa parte para ajudar o Vasco - finalizou.

Últimas