Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Após goleada, Patrick Vieira confia no acesso do Londrina à Série A do BR

Ex-Palmeiras, meia-atacante esteve em campo na vitória por 4 a 2 sobre o Criciúma, na última terça-feira, que colocou o clube paranaense a três pontos de entrar no G4

Lance

Lance|Do R7


Lance
Lance

O meia Patrick Vieira, do Londrina, está confiante na conquista do acesso do clube paranaense, após mais uma vitória do time na Série B. Na última terça-feira, o Tubarão goleou o Criciúma por 4 a 2, no Estádio do Café, e ficou a apenas três pontos de Goiás e Avaí, que integram o G4, faltando três rodadas para o fim da competição.

- Foi uma vitória muito importante, que nos colocou de forma definitiva na briga pelo acesso. Estamos crescendo na hora certa, fazendo um grande segundo turno, com sete vitórias nos últimos 10 jogos. Tirando o Fortaleza, as outras três vagas estão em aberto. Vamos lutar muito pra que o Londrina termine a última rodada entre os clubes com a vaga na Série A - afirmou.

Patrick Vieira tem contrato com o Londrina até o dia 30 deste mês. O atleta chegou ao clube no ano passado e tem no currículo o título da Primeira Liga, conquistado sobre o Atlético-MG. Além da conquista, o time chegou muito próximo do acesso, terminando na quinta colocação. E é justamente essa experiência que o meia acredita ser importante para definir os jogos nesta reta final.

- Ano passado ficamos por dois pontos do acesso. Nesse ano, mesmo com um começo ruim, acertamos o time e agora temos a melhor campanha do returno. Estamos fazendo bons jogos, inclusive fora de casa. Essa maturidade, a experiência do grupo e a pegada que o time ganhou, será importante, já que dos três jogos restantes, dois serão fora de casa. Vamos com tudo, junto com o apoio do nosso torcedor, para levar o clube de volta à elite, depois de 27 anos - concluiu.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.