Lance Após conquistas, Diogo Siston não é mais técnico do sub-20 do Vasco: 'Encerro o meu segundo ciclo'

Após conquistas, Diogo Siston não é mais técnico do sub-20 do Vasco: 'Encerro o meu segundo ciclo'

Profissional foi campeão da Copa do Brasil, Carioca e Supercopa do Brasil da categoria, e alegou problemas pessoais para deixar o clube. Base vascaína tem passado por mudanças 

Lance
Lance

Lance

Lance

Ao longo das últimas semanas, a base do Vasco tem sofrido com perdas importantes e constantes mudanças. No último mês, o gerente Carlos Brazil deixou o clube e assinou com o Corinthians. Nesta quarta, foi a vez do técnico Diogo Siston pedir demissão. O profissional, que comandou a equipe nos títulos da Copa do Brasil e da Supercopa do Brasil da categoria, alegou motivos pessoais para o seu afastamento.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


- Hoje encerro o meu segundo ciclo (dois anos e oito meses ) no C.R. Vasco da Gama. Curto, se compararmos com o 1° ciclo (13 anos. Dez como atleta da base e três como atleta profissional), porém muito intenso. Sou muito grato a Deus pelas oportunidades que tive e principalmente por poder contribuir na formação de jogadores que estão no profissional e de outros que ainda chegarão. Como treinador do Sub 20 foram apenas 9 meses, mas foram tão intensos, como se cada mês representasse 1 ano. Nesse curto período como treinador, conseguimos os títulos do Campeonato Carioca Sub-20 , da Copa do Brasil Sub-20 e da Supercopa do Brasil Sub-20 – comunicou Siston, em suas redes sociais.

+ Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Depois do anúncio, atletas como MT, Gabriel Pec, Caio Lopes e Lucas Santos se manifestaram desejando sorte Diogo Siston. Ambos fizeram parte da do sucesso da base do clube nos últimos meses e foram comandados pelo treinador em campanhas vitoriosas.

+ 'Escolhi o Vasco pelo tamanho do clube, pela história apaixonante', diz Rodrigo Dias, novo gerente da base

Em entrevista ao portal "Ge", Siston alegou que seu afastamento foi por motivos pessoais e agradeceu aos jogadores que confiaram em seu trabalho ao longo desses nove meses. Em virtude da boa relação com Carlos Brazil, existe a possibilidade do Corinthians fazer uma proposta. Até o momento, Tarcísio Pugliese segue à frente da equipe sub-20 do clube paulista.

Em constantes mudanças, Alexandre Pássaro foi responsável pela condução do substituto de Carlos Brazil. Rodrigo Dias, ex-Sport chegou ao clube para comandar a base e ser o gerente executivo dos Meninos da Colina.

Últimas