Lance ‘Ao perceber que errou feio, o árbitro pediu desculpas aos jogadores’, revela Abel Ferreira

‘Ao perceber que errou feio, o árbitro pediu desculpas aos jogadores’, revela Abel Ferreira

Treinador lamentou a atuação da arbitragem, que interferiu diretamente no andamento da partida entre Palmeiras e Altético-MG

Lance
Lance

Lance

Lance

Prejudicado pela arbitragem, o Palmeiras perdeu por 2 a 0 para o Atlético-MG em Belo Horizonte pelo Brasileirão neste sábado (14). Na entrevista coletiva de Abel Ferreira, expulso por reclamação durante os 90 minutos, ele revelou que Bruno Arleu, o árbitro da partida, pediu desculpas aos jogadores do Alviverde pelo grave erro

– O árbitro percebeu que errou feio e pediu desculpas aos nossos jogadores. Mas não adianta. Tem muita coisa em jogo. Dinheiro, títulos, trabalho, dedicação, nossos torcedores. Infelizmente, um lance capital teve interferência direta no jogo – afirmou o comandante.

O treinador ainda revelou que a expulsão incorreta de Patrick de Paula, com segundo cartão amarelo, não foi obra do assoprador de apito, mas sim do auxiliar Rodrigo Correa.

– Por incrível que pareça não foi o Bruno, não foi o árbitro. Foi o bandeira, o senhor Rodrigo Correa. O árbitro tinha tomado uma boa decisão sobre o Patrick, mas o bandeira, que estava a 50 metros, deu instruções para expulsar.

Ao final, o português lamentou novamente a atuação da arbitragem, que foi crucial para o andamento do jogo.

– Hoje em dia o futebol é sério. Dedicamos tempo e esforço. Eu e os jogadores somos profissionais. Espero que no futuro os árbitros possam ser também. Tinha tudo pra ser um grande jogo, contra uma grande equipe.

Além de Abel, João Martins, assistente técnico também foi expulso depois do final do primeiro tempo e o Verdão passou a ser comandado pelo preparador Victor Castanheira

Últimas