Lance Antes em alta, Rodrigues fica cada vez mais longe de permanecer no Grêmio

Antes em alta, Rodrigues fica cada vez mais longe de permanecer no Grêmio

Jogador que foi colocado e mantido entre os titulares nos tempos de Renato Portaluppi tem recebido poucas chances desde a chegada de Tiago Nunes

Lance
Lance

Lance

Lance

Se até pouco tempo o zagueiro Rodrigues era visto no Grêmio como nome certo para atuar nas ausências de Geromel e Kannemann (ou mesmo em períodos onde ambos estivessem clinicamente aptos a atuar), agora a situação do defensor de 23 anos indica cada vez mais que seu futuro, em breve, será longe do clube.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Depois de chegar em 2018 do ABC para o Time de Transição, os problemas seguidos no setor defensivo forçaram o então técnico Renato Portaluppi a escalar o atleta que agradou de imediato na equipe principal. Ao ponto de, inclusive, chegar a atuar improvisado como lateral pensando em melhor composição de marcação no lado direito da zaga.

Os principais elementos que atrapalham a continuidade do atleta no Imortal são tanto a diferença de análise feita pela situação por parte da diretoria e por parte do staff que representa o jogador e, em consequência, o "enrosco" que isso tem causado em negociações pela renovação contratual de Rodrigues.

Do lado de quem defende os interesses do jogador, o cenário de ausência das partidas desde o último dia 20 de maio no 6 a 2 aplicado contra o Aragua pela Sul-Americana não agrada pensando na valorização do passe de Rodrigues onde 70% dos direitos estão ligados ao Grêmio.

Já na avaliação da diretoria gremista, negociar o atleta implicaria em uma busca no mercado por reposição, algo que não faz parte dos planos de quem gerencia o clube. Além disso, em conversa recente apontada pelo portal 'ge', houve uma tentativa da cúpula gerencial em tranquilizar o staff do atleta assegurando que ele receberá oportunidades em breve.

Últimas