Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

André/George é prata no México e encaminha vaga para Paris

Dupla disputou o Elite 16, que reúne as melhores duplas do planeta, e após subir ao pódio segue na liderança entre os brasileiros de...

Lance

Lance|Do R7

A dupla André/George teve uma caminhada árdua na etapa de Tepic, no México, válida pelo Elite 16 do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Eles disputaram primeiro a fase classificatória — encarando dois jogos — e depois avançaram à chave de grupos. No torneio, a parceria conseguiu chegar até a final e foi medalha de prata. Na decisão, a parceria acabou superada pelos suecos Åhman/Hellvig no tie break, parciais de 17/21, 21/19 e 10/15.

— Fazer essa final de um Elite 16 foi muito importante. Nessa etapa saímos do qualifying e chegamos até a final. Não é todo mundo que consegue fazer isso. —

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

— Infelizmente batemos na trave contra os suecos outra vez. Mas essa prata foi muito importante, principalmente na corrida olímpica. Conseguimos somar muitos pontos — avaliou o capixaba André Stein. 

Publicidade

O resultado em solo mexicano deixou a classificação de André/George bem encaminhada para os Jogos Olímpicos de Paris, em julho. Os atletas do CT Cangaço, em João Pessoa, lideram o ranking entre os brasileiros e estão na 4ª posição geral, atrás apenas de Åhman/Hellvig, Mol/Sorum (Noruega) e Ehlers/Wickler (Alemanha). 

— A expectativa cresce, principalmente com resultados bons assim. A etapa que vai avançando a gente quer garantir logo esta vaga e parar para ver a estratégia focada na competição. Tem tudo isso envolvido. Vamos com o trabalho que estamos fazendo — comentou George Wanderley. 

Publicidade

O próximo compromisso da dupla será no Elite 16, em Brasília, no começo de maio. George projetou o desafio em casa pelo Circuito Mundial. 

— O objetivo do time agora é continuar bem no Elite 16. É a nossa próxima competição e com o resultado que tivemos no México, a gente conseguiu entrar direto no torneio principal sem precisar disputar o classificatório. Agora vamos buscar melhorar ainda mais o nosso ritmo — finalizou o paraibano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.