Andreescu vence jogão e decide Miami

Canadense superou a grega Sakkari

Lance
Lance

Lance

Lance

A tenista canadense Bianca Andreescu, nona do mundo, se classificou, na madrugada desta sexta-feira, para a final do WTA 1000 de Miami, nos EUA, em jogão. A oitava favorita superou a grega Maria Sakkari, cabeça de chave 23 e algoz da japonesa Naomi Osaka.

Andreescu marcou 7/6 (9/7) 3/6 7/6 (7/4) após 2h42min de duração na quadra GrandStand, a principal desta edição no complexo Hard Rock Stadium.

Andreescu vinha de duas batalhas contra as espanholas Garbiñe Muguruza e Sara Sorribes e Sakkari desbancou nas quartas Osaka que não perdia há 23 partidas e tinha títulos do US Open e Australian Open nessa sequência.

A canadense alcança sua primeira final em um ano e meio. A última foi o título do US Open em setembro de 2019. Ela jogará sua quinta decisão e buscará o quarto título, segundo de WTA 1000. Em 2019, em março, venceu o torneio de Indian Wells, nos EUA.

Sua rival será a australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo e atual campeã, da edição 2019, a última realizada. Barty buscará seu 10º caneco. Este será o primeiro encontro entre elas.

Na partida, o atraso em decorrência da chuva deixou o duelo para o fim da noite e começo da madrugada. Andreescu começou mais firme, abriu 4 a 1, mas Sakkari empatou e levou ao disputado tie-break. Com alguns erros dos dois lados, Bianca levou a melhor no detalhe e fechou por 7/6 (9/7) após uma hora.

No segundo set ela abriu quebra com 3 a 1 com a rival se preocupando com barulho de uma música vinda do estacionamento do local. A grega foi valente, devolveu a quebra e virou para 4 a 3. Andreescu passou a errar mais e Sakkari quebrou de novo e fechou por 6/3 vibrando muito com o empate.

Sakkari abriu uma quebra e teve 4 a 2 no terceiro set, mas eis que Andreescu, que parecia cansada, subiu a marcha, devolveu a quebra e o jogo ficou eletrizante com pontos bonitos. Ela virou para 5 a 4 e foi sacar com 30 a 0 no 5 a 5, só que Sakkari subiu o nível novamente e conseguiu a quebra. Sacou para a vitória e foi quebrada de zero. O tie-break decisivo começou com a grega na frente, mas Andreescu deu um winner de devolução para abrir mini-quebra com 4 a 2. Maria errou duas bolas seguidas e Andreescu fechou a conta no terceiro match-point com erro na rede da grega.

Últimas