Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Andreas Pereira elogia meio-campo da Premier League na Seleção: 'O futebol vem evoluindo'

Jogador do Fulham tem diversos parceiros de Premier League na Seleção Brasileira

Lance

Lance|Do R7

Andreas Pereira é uma das peças versáteis no meio-campo da Seleção Brasileira de Dorival Júnior. O jogador do Fulham tem ao lado diversos companheiros de Premier League em que a parceria não é só dentro de campo. Para o atleta, a amizade ajuda no entrosamento do time.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O meia do Fulham é um velho conhecido de Dorival Júnior. Andreas Pereira trabalhou com o técnico ainda quando jogava no Flamengo. Pela Seleção Brasileira, o jogador já desempenhou diversas funções.

- O Dorival me conhece como segundo volante, mas também como meia, como venho atuando no meu clube, na Inglaterra. Ele sabe que eu posso ajudar em muitas funções no meio de campo, pede para eu exercer essas coisas, posso jogar mais ofensivo, como segundo volante, posso ajudar nessas funções. Tento fazer meu melhor possível nos treinos e nos jogos - contou o volante do Fulham. E emendou:

Publicidade

- O futebol vem evoluindo bastante, é difícil ver uma equipe que joga com um 5 fixo. Para mim, como segundo volante, há alguns ajustes. Você vai estar em dois para defender na frente da defesa, tem que ter em conta que ninguém pode ir para o ataque e deixar a defesa vulnerável, por isso o professor fala em atacar marcando. Como sou segundo volante, tenho esse pensamento de estar mais presente para defender. Para mim, não muda muito, tem que entrar na área para fazer gol e ter a recomposição para parar qualquer tipo de jogada. Para jogar nas posições do meio, tem que estar ligado e ter disposição.

A Seleção Brasileira entra em campo neste sábado para enfrentar o México em amistoso preparatório para a Copa América. A bola rola às 21h30.

Publicidade

🎙️ MAIS RESPOSTAS DE ANDREAS PEREIRA:

Publicidade

VOLTA POR CIMA NA INGLATERRA
- A saída do Brasil iniciou essa retomada com o próprio Dorival no Flamengo, foi o primeiro técnico que me levantou, levantou a cabeça, quando cheguei na Inglaterra o treinador do Fulham, Marco Silva, me ajudou muito. Graças a essas pessoas estou aqui, só tenho a agradecer a essas pessoas que me ajudaram, à minha família.

AMIZADES BRASILEIRAS NA PREMIER LEAGUE
- Eu conhecia o João, o Douglas também, o Paquetá vindo do Flamengo têm essa conexão, o Bruno de jogar contra, essa amizade… fomos no parque juntos, aproveitamos, foi muito bom, é bom ter amigos na Seleção para defender um ao outro em campo. Estamos aproveitando a cada treino, a cada momento, vamos nos preparar para ganhar esse torneio.

VISITAS DE EX-JOGADORES
- É uma honra ver os ex-jogadores aqui com a gente, orgulho imenso ver o Emerson, tirar foto, Rivaldo esteve aqui. Quando era criança, via jogos da Seleção com meu pai e queria estar na seleção, é sonho de criança.

ESPORTES AMERICANOS
- Gosto bastante de NFL, do Patrick Mahomes, acompanho sempre o Super Bowl, tento assistir, pela diferença de horário às vezes fica tarde. É uma experiência boa estar nos Estados Unidos, jogar nesses estádios incríveis, antes dos jogos vou bater uma fotinho nos estádios, é sempre bom. É um privilégio estar aqui.

DORIVAL JR
- Ele me ajudou muito num momento que eu estava precisando muito, é uma coisa que sempre vou levar no coração o quanto ele me ajudou e o quanto foi importante. Fico feliz de estar na Seleção com ele como técnico, só tenho que ajudar de todas as formas possíveis para retribuir.

FUTURO
- Eu acho que é difícil falar agora, estou completamente focado na Seleção, com certeza, se Deus quiser, após o título com a seleção brasileira vou pensar no futuro no clube, vou sentar com meu empresário e decidir.

- A gente está muito bem servido nas posições, qualquer jogador vai fazer um bom trabalho, mas com certeza mudou a estrutura, não tem alguém fixo na frente da defesa, como era antes com o Casemiro, são três jogadores dinâmicos, intensos, para ajudar os atacantes e a defesa também.

( - A gente está muito bem servido nas posições, qualquer jogador vai fazer um bom trabalho, mas com certeza mudou a estrutura, não tem alguém fixo na frente da defesa, como era antes com o Casemiro, são três jogadores dinâmicos, intensos, para ajudar os atacantes e a defesa também. )

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.