Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

André Jardine é eleito melhor treinador da temporada no México 

Comandado pelo brasileiro, o América bateu o Tigres e faturou a Supercopa MX neste domingo

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

André Jardine fazendo sucesso no América do México. Após obter o primeiro bicampeonato mexicano  consecutivo do clube em 35 anos, o brasileiro celebrou também o Campeón de  Campeones - conquistado automaticamente pelo time que venceu o Apertura 23 e o  Clausura 24.

E neste domingo (30), em jogo disputado na Califórnia, nos Estados Unidos,  que abre a nova temporada mexicana, o América bateu o Tigres por 2 a 1, de virada, e  sagrou-se campeão da Supercopa MX, dando ao treinador brasileiro seu quarto título em  apenas 380 dias no cargo. 

➡️ Tudo sobre os maiores times e as grandes estrelas do futebol no mundo afora agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Futebol Internacional

Jardine Melhor do ano

Publicidade

Ainda nos vestiários do Dignity Health Sports Park, enquanto comemorava a conquista  com o elenco, Jardine foi informado de que acabara de ser eleito o Melhor Treinador do  Ano pela Liga MX, em votação que contemplou o período entre junho de 2023 e junho de  2024 no futebol do país. 

“Estou muito feliz com a fase que vivemos aqui. Os feitos coletivos inevitavelmente levam  ao reconhecimento individual, e isso tem acontecido com todos no América, não apenas  comigo. Desenvolvemos uma forma de jogar, com conceitos claros de um futebol vistoso  e objetivo, e isso é o que me deixa mais contente como treinador”, comentou André  Jardine. “Mas estou longe de estar satisfeito. Nós temos que aspirar sempre mais  conquistas e para isso temos que desafiar nossos limites. Sei que hoje somos o time a ser batido aqui no México, e a tendência natural é que todos que venham enfrentar o América  joguem como em uma final de campeonato”, projetou o treinador. 

Publicidade

Grande fase no México

O sucesso no América, somado ao bom trabalho realizado anteriormente no Atlético de  San Luis e ao título olímpico com a Seleção Brasileira em Tóquio 2020, têm feito com que  Jardine seja especulado para suceder Jaime Lozano no comando da seleção mexicana,  eliminada na fase de grupos da Copa América. 

Publicidade

“Sobre esses boatos, não tenho muito o que comentar. Fico lisonjeado, mas a seleção  tem um treinador muito competente, pelo qual eu torço, e meu trabalho hoje é aqui no  América. Estou concentrado em preparar a equipe para lutar pelo tricampeonato  mexicano”, disse o técnico. 

De volta à Cidade do México após uma semana nos Estados Unidos e ainda desfalcado  de alguns de seus principais jogadores, que disputam a Copa América com suas  seleções, o América parte para sua última semana de preparação antes de largar em  busca do tricampeonato. O time da capital estreia no Apertura 24 no próximo sábado (6),  quando visita o Atlético de San Luis, ex-equipe de Jardine, que hoje é comandado por  Domènec Torrent, ex-Flamengo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.