Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Anderson Silva abre conversas para luta de despedida no Japão

O lutador deseja finalizar a carreira no país, o mesmo em que ele iniciou sua trajetória

Lance|

Lance
Lance Lance

O lutador de MMA e ator Anderson Silva, planeja voltar aos ringues, após 3 anos afastado do esporte. O brasileiro revelou nesta sexta-feira que está negociando com uma organização do Japão para realizar sua última luta oficial no país.

- A gente tem uma proposta, tem uma negociação com o Japão, em fazer a última luta de MMA lá. Junto com a minha produtora de eventos, a gente tem alguns projetos que a gente quer colocar juntamente com nossos sócios, fazer um tour de lutas de exibição, lutas que sejam plausíveis e viáveis para o público, que o público gosta de assistir - disse o lutador em entrevista ao canal Combate.

Anderson deu a entrevista em promoção do filme "Murder City", lançado nesta sexta-feira no festival American Black Film Festival. O brasileiro interpreta o personagem "Angus" no longa e atualmente está focado na função de ator. Ele disse que está filmando outros dois projetos no momento e que, por isso, não deve lutar novamente antes de 2024.

Quando voltar, a probabilidade é que seja no Japão, país onde foi campeão peso-meio-médio do Shooto e onde brilhou no ringue do extinto Pride.

Publicidade

+ Real Madrid divulga novas fotos do Santiágo Bernabéu: veja como está o andamento das obras

- Com certeza vai ter alguma coisa legal para os fãs. Não posso dar spoiler. Mas o que a gente está negociando mesmo em relação a MMA é essa minha última luta no Japão. Porque tem tudo a ver, é onde eu comecei minha carreira internacional, onde eu ganhei meu primeiro título mundial, no Shooto, acho que tem tudo a ver terminar minha carreira no Japão. - disse o lutador.

Publicidade

Campeão dos peso-médios do UFC entre 2007 e 2013, Anderson Silva de 48 ano, tem um cartel de 34 vitórias, 11 derrotas e um "No Contest" (luta sem resultado) no MMA. Ele não faz uma apresentação de artes marciais mistas desde outubro de 2020, quando foi derrotado por Uriah Hall e se despediu da categoria. A partir de então, o brasileiro tem feito lutas de exibição no boxe. Ele venceu Julio César Chávez Jr. e Tito Ortiz, empatou com Bruno Caveira e perdeu para Jake Paul no ringue.

Em julho, Anderson Silva entrará oficialmente no Hall da Fama do UFC.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.