Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

ANÁLISE: Vitória do Palmeiras mostra o porquê de segurar as principais estrelas do elenco

Verdão venceu o Vasco com um golaço de Veiga em uma atuação pouquíssimo inspirada do time de Abel Ferreira

Lance|

Lance
Lance Lance

O Palmeiras conquistou uma vitória importante ao bater o Vasco, por 1 a 0, no Allianz Parque. No entanto, diferentemente do que foi o último jogo pela Libertadores, o Verdão esteve bem longe de uma grande atuação. Acontece que o elenco conta com atletas acima da média, que fazem a diferença quando o coletivo não funciona. Foi o caso de Raphael Veiga, que marcou um golaço e mostrou o porquê do esforço do clube para segurar as principais peças.

+ Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Depois da goleada por 4 a 0 sobre o Deportivo Pereira, no meio de semana, o Alviverde subiu o sarrafo para seu próprio desempenho. O que Abel Ferreira e seus comandados não contavam era com o atraso no retorno da Colômbia para o o Brasil, que fez com que a equipe pudesse treinar apenas uma vez antes de receber o Cruz-Maltino no domingo (27). E o que se viu em campo foi um Palmeiras pouco inspirado em diversos sentidos.

+ Copo Stanley a partir de R$120,00. Bebida gelada nos 90' de jogo do Verdão!

Publicidade

O ímpeto inicial foi até interessante, fazendo parecer que uma nova goleada viria. O problema é que as chances não foram concretizadas, e o Vasco conseguiu equilibrar as ações e até assustar a defesa palmeirense. Não à toa Paulinho marcou um golaço aproveitando uma falha de Weverton e uma falta de atenção absurda do sistema defensivo alviverde. A "sorte", como o próprio Abel disse, é que o VAR anulou o gol, o que gerou reclamação dos cariocas.

A verdade é que o jogo do Verdão não acontecia e a lesão de Dudu no fim do primeiro tempo deu um baque no time. Artur, que vem em uma sequência de gols desperdiçados, perdeu mais um de forma inacreditável, dentro da pequena área do Cruz-Maltino. Ali parecia mesmo que nada iria acontecer e o 0 a 0 estaria decretado.

Publicidade

+ Abel fala de proposta por Gómez e rasga elogios ao capitão do Palmeiras: ‘Nunca tive um profissional como ele’

Mas quem tem uma equipe com nomes extraclasse que consegue se sobrepor a um dia ruim do coletivo, sempre conseguem arranjar uma solução. Foi aí que Raphael Veiga, em uma cobrança de falta espetacular, marcou um golaço para abrir o placar e decretar a vitória. Outros lances foram criados para aumentar a vantagem, mas as tomadas de decisão erradas acabaram minando essa possibilidade.

Publicidade

Fato é que se não fosse a genialidade de Veiga, provavelmente o Palmeiras sairia de campo com apenas um ponto e vendo o Botafogo disparando ainda mais. Quando o clube faz força e impede a saída de seus principais craques, mesmo com números absurdos como nas propostas para Gómez, é para jogos como o desse domingo (27), que foi decidido por alguém que faz a diferença.

+ Leila Pereira volta a negar a saída de Gustavo Gómez do Palmeiras: ‘Não será vendido’

Parece até óbvio dizer que o Alviverde sentiria a falta de cada um desses 11 titulares que fazem dessa equipe o melhor coletivo do país, mas é importante destacar quando fica muito claro que cada peça mantida é de fundamental valia para seguir nessa fase vitoriosa que o clube passa. O triunfo sobre o Vasco é uma dessas ocasiões que escancaram a importância de segurar os craques.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.