Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

ANÁLISE: Vasco de Ramón Díaz tem nome, sobrenome e personalidade de time com fome de vencer

Cruz-Maltino se supera no clássico e despacha o Fluminense na 23ª rodada do Brasileirão

Lance|

Lance
Lance Lance

O Vasco de Ramón Díaz mostra que a cada semana de trabalho a equipe evolui e cresce de produção. Diferentemente do passado, a pausa para um bom período de treinamentos, em razão da Data Fifa, fez bem ao time.

Mas o Vasco de Ramón Díaz vai muito além do futebol. Desde a sua chegada, técnico tratou de recuperar os jogadores e dar uma identidade ao time, com nome e sobrenome. A metodologia implementada para mudar a mentalidade do grupo fez com que a equipe começasse a dar a volta por cima. Hoje, o time tem atitude e personalidade.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Os rivais estão em momentos distintos e isso fazia do Fluminense o favorito para o clássico. No entanto, o Tricolor não contava com a fome que o Vasco estava para vencer a partida.

Publicidade

Esta fome passa pela mescla entre perfis de liderança e a garotada, que foi a simbiose necessária para os resultados em campo começarem a aparecer. E ainda há espaço para crescimento.

Mas a sacies chegará quando o Vasco sair da zona de rebaixamento, para quem sabe, começar a almejar voos mais altos na tabela. Como disse Ramon Díaz "não dá para relaxar".

Publicidade

+ Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

De fato, o Vasco tem suas falhas e pratica um futebol que ainda está longe do que o torcedor quer. No entanto, a vitória no clássico pode ser mais uma prova do que Ramón Díaz falou há dias atrás batendo na mesa: "Vasco no va a bajar (O Vasco não vai cair)".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.