Lance ANÁLISE: Palmeiras de Abel aposta na base e recebe retornos rumo ao título do Brasileirão

ANÁLISE: Palmeiras de Abel aposta na base e recebe retornos rumo ao título do Brasileirão

Equipe alviverde encontrou nas 'Crias da Academia' uma solução para se manter no topo da tabela 

Lance
Lance

Lance

Lance

Na noite do último sábado, o Palmeiras venceu o Avaí por 3 a 0, em duelo válido pelo Brasileirão. Um dos gols foi marcado por Vanderlan, que recebeu um belo passe de Endrick. O tento com assinatura das ‘Crias da Academia’ prova que Abel Ferreira e sua comissão técnica apostam na base para garantir o título – e conseguem retornos.

> ATUAÇÕES: Dudu faz golaço, Palmeiras goleia e se aproxima do título

O jogo foi favorável ao Palmeiras do início ao fim. O Avaí não chegou a levar algum perigo ao gol de Weverton e as peças utilizadas por Abel se encaixavam e davam resultados. Contudo, o desgaste do final da temporada se fez presente, principalmente na segunda metade do primeiro tempo, quando o Verdão esfriou o jogo após marcar um gol e esperou ansiosamente pelo apito de Bruno Arleu de Araújo.

Enquanto muitos se perguntavam se o Alviverde iria vencer, mas não convencer, eis que surgem as cartas na manga preferidas do treinador português: as "Crias da Academia". No segundo tempo, Abel promoveu as entradas de Vanderlan e Endrick, além de Gabriel Menino, um pouco mais veterano.

As mudanças surtiram efeito logo de cara, quando o lateral marcou o terceiro gol do time, seu primeiro como profissional, com um passe da maior joia de 16 anos já vista nos arredores palestrinos. Essa foi a prova de que a base palmeirense se conhece bem, sabe como jogar junto e usufrui disso sem desrespeitar a hierarquia proposta.

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

Os meninos do Palmeiras estavam cada vez mais soltos, tentando ultrapassagens pelas beiradas do campo, arriscando chutes de fora da área e, principalmente, buscando tabelas entre eles para chegarem ao gol adversário. Em uma partida em que Mayke não estava tão bem como ponta, a entrada de Vanderlan se fez importante no setor ofensivo e ele chegou a aparecer na posição do camisa 12 diversas vezes, inclusive quando enfiou a bola no fundo da rede.

Endrick é um talento a ser lapidado, mas já se mostrou mais à vontade para atuar entre os profissionais do Palmeiras. O garoto chutou de fora da área e demonstrou raça na marcação, dando carrinhos providenciais, e sustentando a parede na entrada da área adversária.

A junção entre os principais e as "Crias" faz com que Abel encontre um equilíbrio entre experiência, cautela, e força de vontade, diversão. Essa união entre o melhor dos dois mundos acaba deixando o Verdão mais confiante na reta final do Brasileiro, já que é um time que sabe o que vem pela frente e que pode contar com a prata da casa rumo ao título.

Últimas