Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

América-MG pode ter gramado sintético no Independência

Coelho quer atrair eventos para o estádio do Horto

Lance

Lance|Do R7


Lance
Coelho já está fazendo estudos para verificar a viabilidade da troca de piso em seu estádio-(Divulgação/Atlético-MG)

O América-MG pode fazer uma profunda mudança no gramado do seu estádio, o Independência. O clube mineiro estuda a possibilidade de, utilizar o gramado sintético no Horto. O Coelho ainda vai obter mais dados e levantar mais informações antes de se decidir. A experiência do time no seu centro de treinamento com o piso artificial que já será implantado no Lanna Drummond, pode influenciar na decisão americana.

- Vamos estudar. Vamos fazer um gramado sintético no CT primeiro. Vamos jogar contra o Botafogo no gramado sintético, e eu queria poder treinar assim no CT, mas são muitas frentes e pouco retorno. É um assunto que vai ser estudado com carinho para o Independência - explicou o presidente do América SAF, Marcus Salum.

Entre os times da Série A, Athletico-PR, Palmeiras e o Botafogo já possuem esse tipo de grama artificial em seus campos de jogo.

A alternativa do gramado sintético para o América pode ir de encontro a um desejo do Coelho de poder ter eventos para o Independência, gerando mais receitas para o clube. Esse fator pode pesar a favor de um gramado sintético. O América-MG administra o Independência, mas terá de conseguir a liberação de licenças junto aos órgãos governamentais e ainda ouvir a comunidade da região sobre os impactos.

- O América tem um núcleo que trabalha no Independência. Temos a administração que está sob a responsabilidade do Marcone (Barbosa, diretor de marketing e negócios) e com a estruturação do Dower (Araújo, superintendente geral). Vamos trabalhar para fazer eventos no Independência. Vamos começar com eventos de menor porte, para depois voltar aos shows. Tudo isso de forma transparente, conversando com a comunidade. Se for viável, vamos fazer. Temos que transformar o Independência na casa dos mineiros, como um todo- concluiu Salum.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.