Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Alex Poatan dá nocaute espetacular e mantém o cinturão no UFC 303

Lutador defendeu o cinturão pela segunda vez em menos de três meses

Lance

Lance|Do R7


Brasileiro acertou chute no rosto do tcheco Jiri Procházka Reprodução/UFC – 29/06/2024

Alex Poatan é o maior lutador brasileiro no UFC da atualidade. Com um nocaute espetacular em cima de Jiri Procházka, o atleta venceu o tcheco novamente e manteve o cinturão dos meio-pesados (assista ao vídeo abaixo). Esta é a segunda vez que Poatan defende o cinturão em menos de três meses. Alex é o primeiro brasileiro a defender o cinturão dos 93kg duas vezes.

O segundo capítulo do confronto Poatan e Procházka mostrou por que o brasileiro já está na história do UFC. Com sua calma já conhecida, o Alex controlou a distância e aplicou golpes certeiros no adversário - o tcheco, inclusive, foi salvo pelo gongo após um belo cruzado no primeiro round.

No segundo assalto, o brasileiro acabou com a história rapidamente. Um chute de pé esquedo na cabeça de Procházka acabou com a luta em menos de 10 segundos.

Diego Lopes vence Dan Ige🥊

O confronto entre Diego Lopes e Dan Ige já chamava a atenção antes mesmo de começar. O americano aceitou lutar em cima da hora, após a desistência de Brian Ortega - o lutador se sentiu doente e não teria condições de subir no octógno. Com isso, o combate precisou ser com peso-casado, há 4 horas do início do evento.

Publicidade

Na grande oportunidade da carreira, o brasileiro Diego Lopes não desperdiçou a oportunidade. Com uma luta casada em cima da hora, Diego mostrou que estava pronto para qualquer desafio. O manauara teve dois primeiros rounds sólidos e conseguiu mostrar seu bom jiu-jitsu. Apesar do americano ter defendido bem todas as posições, os juízes decidiram pela vitória de Diego Lopes.

Outros combates 🥊

Anthony Smith X Roman Dolidze

Publicidade

No confronto mais morno do card principal, Anthony Smith e Roman Dolidze realizaram uma luta muito estudada. Os dois atletas tentaram emplacar suas estratégias, mas não estavam em noite inspirada. Apesar da grande experiência de Smith, o georgiano venceu por decisão dos jurados.

Mayra Bueno Silva X Macy Chiasson

Publicidade

A brasileira Mayra Bueno e a americana Macy Chiasson fizeram uma luta muito dura. Após um primeiro round de certo equilíbrio. No segundo assalto, Chiasson aplicou uma cotovelada brutal que abriu um corte profundo próximo ao olho direito de Mayra. Por isso, o árbitro decidiu declarar nocaute técnico e encerrar a luta.

Michael Page X Ian Garry

Em luta equilibrada, Michael Page e Ian Garry protagonizaram um combate de estilos bem diferentes. No início, Garry surpreendeu o adversário com um jiu-jitsu bem afiado. Page até fez valer a sua experiência, aplicou seu estilo de jogo, mas não foi o suficiente. Ian Garry venceu por decisão dos juízes.

No card preliminar, o jovem Payton Talbott aplicou um lindo nocaute em cima de Yanis Ghemmouri, com menos de um minuto de luta. No confronto seguinte, o brasileiro Jean Silva venceu o canadense Charles Jourdain com um belo gancho de direita. Por outro lado, Andre Fili venceu Cub Swanson na única luta do card preliminar resolvida por decisão. No último enfrentamento antes das lutas principais, Joe Pyfer venceu Marc-André Barriault por nocaute.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.