Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Alcaraz faz dura autocrítica após derrota para Medvedev no US Open

Espanhol diz ter sido imaturo em partida contra russo pela semi em Nova York

Lance

Lance|Do R7


Lance
Alcaraz após derrota no US Open / Crédito: TennisHQ

Carlos Alcaraz, número 1 do mundo, foi duro consigo mesmo na noite desta sexta-feira ao comentar a derrota para o russo Daniil Medvedev por 3 sets a 1 pela semifinal do US Open, em Nova York.

O espanhol perdeu por 7/6 (7/3) 6/1 3/6 6/3: "Quando estávamos 3 a 3 no tiebreak, perdi a cabeça. Fiz três ou quatro pontos sem controle. Não pensei. Eu perdi a cabeça naquele set. Lutando por 50 minutos para que isso acontecesse, foi um momento difícil de lidar. No segundo set, eu estava nas nuvens. Foi difícil. Daniil jogou muito bem. Demorou muito para eu voltar e jogar meu jogo novamente. Quase deixei cair a raquete no chão, mas me controlei", disse o natural de murcia que fez uma dura autocrítica.

"Esses tipos de partidas podem acontecer, mesmo que eu me sinta mais maduro do que há um ano. Ele jogou muito bem. Não consegui encontrar soluções no jogo. Achei que poderia encontrar soluções quando o jogo não estava indo na direção certa, mas depois desse jogo vou mudar minha forma de pensar. Ainda não estou maduro o suficiente para lidar com esse tipo de encontro. Devo aprender com isso."

Ele comentou o quanto vai doer a derrota: "Não sei. Dias, semanas. Não sei. Acho que não vou pensar nisso por muito tempo. Devo aprender com ela, claro, porque quero melhorar. Acho que esse tipo de partida ajuda você a crescer e a ser melhor nesse tipo de situação. Tenho que conversar com a minha equipe, com o Juan Carlos, e ver como posso melhorar. Dias ou semanas, mas não muito mais."

Publicidade

Ele comentou sobre Medvedev: "Está sempre lá. Jogamos três vezes este ano. Uma final do Masters 1000 e duas semifinais do Grand Slam. Acredito que jogaremos mais partidas nas rodadas finais dos grandes torneios. Será uma grande rivalidade. Ele jogou com mais velocidade nos golpes. Sua direita correu muito. Hoje foi ótimo. Nas rodadas anteriores o slice me ajudou a encontrar meu jogo, mas hoje não. Ele encontrou ótimas direções nas trocas. Ele não cometeu erros e seu saque foi ótimo hoje. Ele jogou como nota 10. Preciso aprender a encontrar soluções para esse tipo de partida."

Ele seguiu elogiando Medvedev: "Ele é um dos melhores devolvedores do circuito. É incrível como ele consegue bater de tão longe com uma bola tão profunda e poderosa. É incrível. E se eu servir e dar um voleio nele, ele encontra uma maneira de me passar saindo de sua casa. Da próxima vez terei que sacar melhor".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.