Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Água Santa quer Vila Belmiro, mas locais das finais do Paulistão só terá definição na próxima semana

Conselho técnico da Federação Paulista de Futebol ainda não tem data para ser realizado

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

O conselho técnico que definirá as datas, horários e locais que acontecerão as partidas finais do Campeonato Paulista, entre Palmeiras e Água Santa, acontecerá na próxima semana, mas ainda sem data definida.

O confronto de volta, com mando palmeirense, dificilmente acontecerá em outro lugar a não ser o Allianz Parque. A incógnita, então, fica para o jogo de ida, já que o Netuno, assim como foi na semifinal, contra o Bragantino, não poderá utilizar o seu estádio, a Arena Inamar, por questões estruturais.

+ Conmebol divulga ranking dos 32 clubes que estão na Libertadores 2023

Diante do Braga, o local escolhido pelo clube de Diadema foi a Vila Belmiro. E mesmo em uma segunda-feira à noite, mais de 11 mil pessoas estiverem presentes.

Publicidade

Se depender tanto da diretoria, quanto da comissão técnica do Água Santa, o primeiro jogo da final do Paulistão será novamente no estádio do Peixe.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os resultados das finais entre Palmeiras e Água Santa

Publicidade

- Se pudesse jogar na nossa casa, seria perfeito, mas como não é possível, se for para eu decidir, prefiro que seja na Vila. Gosto dessa atmosfera, lembra alegria, mística, craques, personaliza bons jogos de futebol. Eu, particularmente gosto, e tenho boas lembranças - disse Thiago Carpini, treinador do Netuno, após a vitória, nos pênaltis, sobre o Bragantino.

Água santa classificado final paulistão
Água santa classificado final paulistão Água santa classificado final paulistão

Mais de 11 mil pessoas estiveram presente na Vila no triunfo do Água Santa (Foto: Fernanda Luz/Ag. Paulistão)

Publicidade

O desejo do time do Grande ABC em jogar na Vila, no entanto, não garante a realização do jogo lá. Com estrutura inferior a estádios da capital, há quem ‘torça o nariz’ para levar a final do Paulistão lá. Nos bastidores também se cogita que as duas partidas ocorram no Allianz Parque, o que não deve acontecer, não só porque configuraria vantagem ao Verdão, como o Água Santa tem fugido de estádios com gramados sintéticos, após perder o zagueiro Joilson, com uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito, nas quartas de final, contra o São Paulo - a partida teve mando do Tricolor. Inclusive, foi o fato de ter grama artificial que o Bruno José Daniel, em Santo André, cidade vizinha a Diadema, não foi o escolhido pelo Netuno para sediar a segunda semifinal do Paulista.

A Neo Química Arena é outra opção discutida nos bastidores. A alternativa agrada pessoas da Federação Paulista de Futebol e passaria a ter força no caso do Corinthians arder o estádio sem custos ao Água Santos, assim como o Santos fez.

Cogitados para a semifinal, Arena Barueri e Candinde podem voltar ao radar, mas com pouquíssimas chances de receberem a partida. No caso do primeiro, o estado do gramado desagrada. Já o segundo, possui problemas burocráticos, de laudos técnicos, a serem resolvidos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.