Palmeiras

Lance Abel volta a cobrar diretoria por reforços: ‘Há muito tempo fiquei sem esperanças’

Abel volta a cobrar diretoria por reforços: ‘Há muito tempo fiquei sem esperanças’

Após derrota para o Bragantino, treinador voltou a referir sobre o descontentamento com a falte de peças no elenco

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois da derrota do Palmeiras para o Red Bull Bragantino nesta quarta-feira (23), Abel Ferreira voltou a cobrar a diretoria do clube por reforços em entrevista coletiva. O treinador enfatizou o descontentamento com a falta de peças no elenco, especialmente em função da recorrência de pedidos não atendidos, e se mostrou, mais uma vez, bastante inconformado com a situação.

– O Empereur é outro fora, né?! Até esqueço das ausências. Em março entreguei um relatório com tudo que era preciso. O Palmeiras precisava de jogadores para a Recopa, Supercopa, final do Paulista. Eu não conto com reforços. Há muito tempo fiquei sem esperanças – declarou.

Novamente, Abel ressaltou a falta de opções, em especial no setor defensivo. Em seguida, contestou a ideia de que o Alviverde não teria feito uma boa partida contra o Massa Bruta, mas destacou que quantidade de erros de sua equipe nos 90 minutos foi determinante para o resultado final do confronto.

– Não concordo. A equipe jogou, produziu. Se olharmos para a defesa, não é a mesma do ano passado. Mas são esses recursos que tenho. E peço calma para a torcida. Não fizemos um jogo brilhante, mas fizemos um jogo satisfatório.

– Tivemos oportunidades no primeiro tempo e, na primeira oportunidade, o adversário faz gol. Temos que continuar a trabalhar. O futebol é feito de erros. E nesse tipo de jogos contra boas equipes, os erros pagam-se caros. A equipe que errou mais perdeu o jogo – concluiu o treinador.

O português elogiou a atuação do goleiro Cleiton, elegendo o jogador como o melhor em campo. Além disso, citou como diferença fundamental entre as equipes uma possível falta de pressão sobre o time de Bragança por ter uma menor torcida.

– O Bragantino é uma equipe que trabalha junta há muito tempo. Não tem torcida, não tem cobrança nenhuma, joga livre e feliz. Tem bons jogadores. Hoje, o goleiro do adversário foi o melhor em campo. Basta saber quanto pagaram pelo goleiro, por isso ele faz a diferença em campo – apontou.

Ainda oscilando na temporada, o Palmeiras, de Abel Ferreira, volta a campo neste domingo às 20h (horário oficial de Brasília) no Allianz Parque contra o Bahia pela sétima rodada do Brasileirão 2021.

Últimas