Abel admite 'imensas dificuldades' do Vasco e frisa: 'Estamos muito abaixo'

Técnico do Cruz-Maltino lamenta empate zerado com o Volta Redonda, neste domingo, pela segunda rodada Taça Rio. Além disso, visa jogo contra o Goiás pela Copa do Brasil

Lance

Lance

Lance

A pressão em Abel Braga aumentou ainda mais. Neste domingo, após o empate sem gols com o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, pela segunda rodada da Taça Rio, o treinador admitiu que o Vasco precisa melhorar em vários aspectos e que a equipe não está entregando o deve dentro de campo.

– Temos que melhorar em muitos aspectos. Temos um jogo razoável na Copa do Brasil, teremos outro agora na quinta. O que jogamos hoje não é o bastante para ganhar do Goiás. Tivemos imensas dificuldades contra o Volta Redonda. O time não está apresentando aquilo que pode e deve. É a grande verdade. Estamos muito abaixo - disse o treinador.

Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

Depois do apito final, Abel e o presidente Alexandre Campello foram muito vaiados pela torcida. O técnico afirmou que ainda não conversou com o dirigente sobre os salários atrasados.

– Não conversei com ele. Conversei com o Mazzucco. Problema nenhum. Normal. Está todo mundo no mesmo barco. A situação está complicada para todo mundo. Quem sofre mais com isso é o torcedor – destacou.

Ainda sem vencer na Taça Rio, o Cruz-Maltino soma apenas dois pontos no Grupo B e está fora da zona de classificação em 4º lugar. A equipe de Abel Braga volta agora suas atenções para Copa do Brasil. O Gigante da Colina enfrenta o Goiás, na próxima quinta-feira, às 21h30, em São Januário.