Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

10 anos do 7 a 1: a crise de resultados que deixa a Seleção Brasileira atrás até do Chile

Cinco seleções venceram o dobro ou mais títulos, inclusive a Alemanha. 5 a 0

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

A frustração do último sábado, na eliminação para o Uruguai, nas quartas de final da Copa América, foi mais um episódio da rotina de frustrações da Seleção Brasileira nos últimos 10 anos. Desde a fatídica derrota por 7 a 1 em que sucumbiu diante da Alemanha, na Copa do Mundo do Brasil, o time nacional acumula fracassos que o deixa em desvantagem em comparação com rivais nos cenários local e global.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Nesse período, a Seleção Brasileira conquistou uma Copa América, que foi disputada em casa, com apoio popular, em 2019. Enquanto adversários diretos como Argentina, França e a própria Alemanha levantaram a taça do mundo, além de competições continentais. Até o Chile conquistou o dobro de títulos em comparação com o Brasil.

Publicidade

Inúmeros fracassos

Na Copa América de 2015, a Seleção Brasileira foi eliminada nos pênaltis para o Paraguai nas quartas de final. Na edição do centenário, em 2016, a equipe protagonizou um vexame ao deixar o torneio continental em uma chave com Peru, Equador e Haiti.

Publicidade

Diante desse cenário, a CBF decidiu demitir Dunga e contratar Tite, que era considerado o principal treinador do país por conta de suas conquistas recentes no comando do Corinthians. No entanto, o Brasil voltou a decepcionar na Copa do Mundo de 2018, sendo eliminado para a Bélgica nas quartas de final.

A conquista da Copa América de 2019 é um ponto fora da curva dentro da história recente de insucessos. Em 2021, o Brasil foi derrotado na mesma competição para a Argentina, em decisão disputada no Maracanã. No ano seguinte, uma nova eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo, desta vez para a Croácia.

Sucesso dos rivais

Nesse período, o Brasil viu cinco adversários vencerem mais títulos, sendo a Argentina líder do ranking de conquistas desde 2014. A Albiceleste ergueu três troféus (Copa do Mundo, Copa América e Finalíssima), além de ter chegado em outras três decisões em que foi derrotada.

O Chile, por exemplo, conquistou o dobro de Copas Américas (2015 e 2016) em relação ao Brasil. França, Alemanha, Portugal e Espanha são outras seleções que conquistaram dois títulos nos últimos 10 anos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.