Khabib Nurmagomedov não vai deixar quarentena para lutar no UFC 239

O presidente do UFC, Dana White, levou mais um golpe para a realização do UFC 249 em plena época de pandemia do coronavírus. Khabib Nurmagomedov, campeão dos leves, anunciou, nesta quarta-feira, que não deixará a quarentena na Rússia para enfrentar o norte-americano Tony Ferguson. O evento, dia 18 de abril, anteriormente previsto para Nova York, não tem local definido.

"É hora de cuidar de si mesmo e ficar no seu lugar", afirmou o russo, em suas redes sociais. O lutador está na Rússia, onde as fronteiras foram fechadas para conter a pandemia. Ele tem um cartel invicto de 28 vitórias. "Eu entendo tudo e estou definitivamente mais chateado do que vocês por cancelar a luta", disse Nurmagomedov. "Provavelmente, como todos os outros, eu tinha muitos planos depois da luta, mas eu não posso controlar tudo."

White e o UFC não comentaram imediatamente a decisão de Nurmagomedov. A atitude parece ter irritado o lutador. "O mundo inteiro deve estar em quarentena. Governos de todos os países, pessoas famosas ao redor do mundo pedem para que todos sigam os requisitos de segurança para limitar a disseminação do vírus e ajudar a salvar vidas. Khabib é o único livre de todas essas obrigações? Deve treinar e voar pelo mundo por causa de uma luta?"

Dana White prometeu repetidamente encontrar uma maneira segura de realizar o UFC 249. O empresário alegou

ter um local selecionado para realizar as lutas, mas não ainda divulgou a localização.