Esportes Juventude e Bragantino estreiam no Brasileirão com objetivos diferentes

Juventude e Bragantino estreiam no Brasileirão com objetivos diferentes

Últimos times a estrear nesta edição do Campeonato Brasileiro, Juventude e Red Bull Bragantino entram em campo nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), com objetivos diferentes. O time gaúcho tem como prioridade a permanência na elite pelo 2º ano seguido, enquanto a equipe paulista tem metas mais ambiciosas.

No encerramento da rodada de abertura do Brasileiro, o Bragantino está com as atenções divididas com a Copa Libertadores. Por isso, a delegação viajou para Caxias do Sul com 27 jogadores, já que depois vai direto para a Argentina, onde enfrentará o Vélez Sarsfield, na quinta-feira.

Diante da maratona de jogos, o técnico Maurício Barbieri pode poupar alguns titulares. Anunciados durante a semana, o zagueiro Renan (ex-Palmeiras) e o lateral-esquerdo Ramon (ex-Flamengo) têm chances de estrearem. O Bragantino segue sem contar com o atacante Artur, seu principal jogador.

A péssima campanha no Gauchão, onde lutou contra o rebaixamento, fez a diretoria do Juventude mudar a comissão técnica: saiu Jair Ventura e chegou Eduardo Baptista. O treinador, que vinha realizando um grande trabalho no Mirassol, comandou o time nas rodadas finais do estadual.

Há cerca de um mês no Alfredo Jaconi, Eduardo Baptista vem ainda conhecendo o elenco e tem desfalques importantes para a estreia no Brasileirão. O lateral-esquerdo William Matheus e o meia Marlon se juntaram ao volante Élton no departamento médico. Chico e Busanello, respectivamente, devem ser os titulares.

Últimas