Esportes Jogadores aprovam a atuação do Palmeiras com muitos meninos em Ribeirão Preto

Jogadores aprovam a atuação do Palmeiras com muitos meninos em Ribeirão Preto

A vitória não veio, tampouco a entrada na zona de classificação, mas atuar com sete meninos formados na base e não sofrer diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, deixou os palmeirenses satisfeitos após o 0 a 0 pelo Campeonato Paulista.

Ciente que precisava descansar seus principais jogadores para a estreia num grupo duro da Libertadores, Abel Ferreira utilizou os jovens da categoria de base. O time pouco atacou, porém Weverton quase não trabalhou e aprovou a "terceira" escalação palmeirense.

"A equipe se comportou muito bem, jogando com personalidade e indo para cima", afirmou o goleiro, de volta a Ribeirão Preto, onde defendeu o Botafogo entre 2010 e 2012. "É sempre bom voltar aqui, foi um clube importante na minha trajetória, fui campeão aqui", festejou, se lembrando do Título do Interior do Paulistão de 2010.

Mais empolgado estava o lateral-direito Gabriel Garcia, que atuou pela primeira vez como titular e viu uma "grande apresentação da equipe". Não foi, apesar de os meninos se postaram bem na defesa.

"Faltou aproveitar no último terço, mas foi boa a partida e estou muito feliz por fazer minha estreia como titular", afirmou o jovem. Como a viagem ao Peru é longa e cansativa, e o Palmeiras já tem novo jogo na sexta-feira pelo Estadual, sem tempo para descansar após estreia na Libertadores, é possível que alguns meninos joguem novamente.

O Palmeiras, porém, vira a chave e já viaja nesta segunda-feira para o Peru. Abrir com resultado positivo diante do Universitário se faz necessário numa chave com os perigosos Independiente del Valle, do Equador, e Defensa y Justicia, da Argentina.

Últimas