Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Zubeldía nega problemas no elenco e celebra vitória: ‘Estávamos em dívida’

Treinador admitiu que ainda está conhecendo como funciona o Campeonato Brasileiro, mas negou problemas de relacionamento com o plantel...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net

Após quatro partidas, o São Paulo voltou a vencer nesta quinta-feira (27), ao bater o Criciúma por 2 a 1, no MorumBIS, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A sequência ruim vinha preocupando os torcedores, mas após o triunfo, o técnico Luis Zubeldía fez questão de negar qualquer problema no elenco e relembrou trabalhos anteriores para justificar um período ruim. Além disso, o treinador admitiu que estava em dívida com a torcida.

“Não (há problema). Nenhum problema. Eu venho de dois processos bastante longos, três anos e meio no Lanús, quase dois anos na LDU. Imagine as diferentes situações pelas quais passamos. Eu creio que quando um não ganha duas ou três partidas, tem de se observar essa situação de uma maneira. E quando consegue somar dois pontos em quatro partidas, tem de saber observar, também. De outra maneira, mas tem de saber observar”, disse Zubeldía, que prosseguiu,

“Essa não é a primeira nem a última vez que tenho de manejar essa situação, tanto a favor quanto contra. Estou há 15, 16 anos trabalhando. O que podem comentar em redes sociais, hoje em dia, é quase obviedade. Quando ganha, se colocam no topo. E quando se perde geram um monte de hipóteses. Assim está o mundo atual. E venho de dois trabalhos muito longos. Essa é a situação. Mas o mais importante de tudo isso é que eu trabalho com gente muito boa internamente no clube (…). Mas também sabemos que estávamos em dívida”, completou.

Publicidade

Zubeldía ainda busca ”entender” o Campeonato Brasileiro

Existe um consenso dentro do clube que o São Paulo precisa ter uma boa pontuação no Campeonato Brasileiro, antes dos retornos da Copa do Brasil e da Libertadores. Zubeldía admitiu que ainda está se adequando à rotina de partidas no Brasil, mas disse que é ele quem decide quem entra em campo.

Publicidade

“Eu sempre estou disposto a escutar. Sou uma pessoa muito aberta com meu estafe. Muito aberta com meus jogadores. Muito aberta com a direção. Mas no final, a decisão quem toma sou eu. Então, o tempo me ensinou a escutar. E o tempo me ensinou que, ao final, eu posso escutar, mas tenho que tomar as decisões”, falou o treinador, que seguiu.

“Agora que tivemos uns dias a mais, falamos, tiramos conclusões, aprendemos. Porque eu posso conhecer muito do futebol brasileiro, mas de fora. Agora, de dentro. Tenho claro como é. Mas uma coisa é ter claro na teoria e a outra é vivendo. Estamos com os pés no chão, porque hoje ganhamos, mas ao mesmo tempo com a humildade de aprender e tirar conclusões quando as coisas não vão bem. Tirar conclusões, assim trabalhamos internamente. Não há nada para ocultar”, finalizou.

Publicidade

O São Paulo volta a campo no domingo (30), às 16h, contra o Bahia, novamente no MorumBIS, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.