Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Zenit recusa proposta por Claudinho e define valor para vender o brasileiro

Primeira oferta do Flamengo por Claudinho foi de R$ 80 milhões. Rubro-Negro estuda fazer nova proposta pelo meia do Zenit

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

O Flamengo já sabe que terá que fazer ainda mais esforço para tirar Claudinho do Zenit. Afinal, segundo o jornalista Venê Casagrande, os russos recusaram a proposta do clube carioca, que estaria na casa dos R$ 80 milhões. Além disso, a diretoria do Zenit definiu o valor para negociar o meia: 25 milhões de euros (cerca de R$ 130 milhões na cotação atual).

O Flamengo estuda formalizar uma nova oferta pelo jogador. Mas a primeira resposta do Zenit não pegou os rubro-negros de surpresa, afinal, sabiam que a chance do “não” era grande neste primeiro momento. A expectativa é que a cúpula da Gávea tome uma decisão pela negociação nos próximos dias, já que a janela de transferências se encerra na primeira semana de agosto.

O Flamengo tem um acordo verbal com Claudinho, que vê o time carioca como uma vitrine para retornar à Seleção. Entre as partes, o contrato seria até o fim de 2027.

Enquanto isso, o meia brasileiro segue cumprindo as atividades junto aos demais jogadores do Zenit. No último sábado, Claudinho foi titular na vitória do time russo contra o Nizhny Novgorod, pelo campeonato local. Ele esteve em campo durante boa parte da partida, sendo substituído aos 39 do segundo tempo.

Publicidade

Além de Claudinho, interesse por Wendel

Além de Claudinho, o Flamengo mantém conversas por Wendel, também do Zenit. O Rubro-Negro formalizou uma proposta de 13 milhões de euros (R$ 67 milhões) pela contratação do jogador de forma imediata. Os russos, no entanto, ainda não responderam a oferta.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.