Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vitória histórica do United sobre o Liverpool. Vai à semi da Copa da Inglaterra

Em jogo emocionante, após 2 a 2 no tempo normal, decisão foi para a prorrogação e United faz 4 a 3 com gol da vitória nos acréscimos...

Jogada 10|

Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images
Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images (Jogada 10)

Manchester United e Liverpool se enfrentaram neste domingo (17/3), em Old Trafford, pela fase de quartas de final da Copa da Inglaterra. Esta é a maior rivalidade do futebol inglês e os times fizeram um jogo fantástico. No tempo normal, 2 a 2. Na prorrogação, o Liverpool saiu na frente. Mas o United virou com um gol nos acréscimos do segundo tempo. Manchester United 4 a 3. Em jogo com 55 finalizações e atuações incríveis dos goleiros.

No tempo normal, o United saiu na frente com McTominay, mas Mac Allister e Salah viraram ainda no primeiro tempo. Aos 43 da etapa final, o brasileiro Antony empatou. Veio a prorrogação e Eliott colocou o Liverpool de novo na frente. Contudo, Rashford empatou. Nos acréscimos do segundo tempo, Diallo fez o gol de uma vitória que entrará para a história da Copa da Inglaterra.

Supercampeões

O United busca seu 13º caneco, já que levou em 1909, 1948, 1963, 1977, 1983, 1985, 1990, 1994, 1996, 1999, 2004 e 2016. O Liverpool, tentava o nono (venceu em 1965, 1974, 1986, 1989, 1992, 2001, 2006 e 2022). O maior vencedor é o Arsenal, com 14 conquistas.

Veja aqui os jogos da Copa da Inglaterra

Publicidade

Muito agito nos 45 minutos iniciais, com os times criando ótimas oportunidades e dando muito trabalho aos goleiros. Do lado do United, Onana fez pelo menos três defesas difíceis (a melhor em chute de Díaz). Já Kelleher, do Liverpool (substituindo o machucado Alisson), teve de se virar em chutes perigosos de McTominay e Rashford. Os Reds tiveram um pouco mais de posse. Mas contavam com Salah buscando muito o jogo. O egícpio, aliás, quase fez um golaço pegando de primeira, a bola raspou a trave.

United na frente! Mas o Liverpool vira

Contudo, o United chutou mais na etapa (11 a 7) e uma delas entrou. Aos dez minutos, após rebote de Kelleher em finalização de Garnacho, McTominay ficou com a sobra quase dentro do gol e abriu o placar. O jogo estava sempre lá e cá. Mas o United, sem Casemiro (machucado), começou a pecar na defesa. Levou um susto quando Endo marcou e o tento foi anulado por impedimento de Salah. Mas cedeu o empate aos 43. Dentro da área, MacAllister recebeu um passe de Darwin Núñez e chutou com violência, dentro da área. A bola resvalou na zaga e Onana, mesmo voando, não chegou a tempo: 1 a 1.

Publicidade

O pior estava por vir para o time da casa. A defesa saiu mal e deu a chance para Gómez recuperar a bola tocar na área para o colombiano Díaz. Este serviu Darwin Núñez que mandou a bomba. Onana defendeu parcialmente e Salah pegou a sobra para virar o jogo.

Etapa final eletrizante

No segundo tempo, muita emoção. A bola mal parava. O United buscando o empate a todo custo, com o português Bruno Fernandes centralizando as jogadas. Mas o Liverpool era perigosíssimo aproveitando os espaços que o rival dava. Darwin Núñez só não ampliou por causa de grande defesa de Onana. E Salah era um assistente sempre eficaz para os companheiros. Mas Núñez e Díaz estavam com os pés descalibrados.

Publicidade

Aos 42, o brasileiro Antony – que entrou aos 26 minutos – ficou com a sobra de uma jogada de Garnacho. Dominou e girou para bater e deixar tudo igual. No minutos seguinte, o Liverpool acretou a trave do United em chute de Elliot. O jogo estava insano e por pouco o United não virou no último lance. Rashford recebeu livre na área, desloclou Kelleher, mas a bola saiu raspando a trave esquerda do goleiro.

Prorrogação insana

Veio o tempo-extra e, no fim dos 15 minutos iniciais, o Liverpool, chegou aos 3 a 2. Elliot chutou da entrada da área e a bola desviou na zaga antes de entrar. Assim, o United tinha 15 minutos para buscar ao menos o empate. Conseguiu com Rashford aos oito minutos. Apesar do 3 a 3, os times foram para a trocação, não queriam saber de pênaltis. Dessa forma, aos 16 minutos (acréscimos da prorrogação!), o Liverpool estava no ataque e levou um contra-golpe. Diallo recebeu pela esquerda, invadiu a área e… catarse em Old Trafford. United 4 a 3!

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.