Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Vini Jr vira nome de lei que pode interromper partidas

Governador do RS sanciona ação para casos de racismo e homofobia ocorridos em jogos dentro do estado

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/CBF

O atacante Vini Jr, do Real Madrid e da Seleção Brasileira, ganhou uma homenagem em forma de lei no Rio Grande do Sul. Eduardo Leite, governador do estado, sancionou uma norma nesta segunda-feira que estabelece um protocolo para interromper partidas esportivas em casos de racismo e homofobia.

A lei foi votada no dia 10 de junho, um dia após as condenações na Justiça da Espanha aos envolvidos nos atos racistas contra o jogador em uma partida diante do Valencia, em maio de 2023. A escolha pelo nome é um reconhecimento à mobilização de Vini para coibir ações preconceituosas de diferentes tipos.

Válida em todo o Rio Grande do Sul, a lei estabelece três níveis de decisões para os árbitros em caso de racismo ou homofobia:

Publicidade

– Interromper a partida até o fim da conduta discriminatória;
– Se a conduta se repetir, interromper a partida por 10 minutos e determinar a saída dos atletas do local, como o gramado ou a quadra;
– Se a conduta persistir ou se repetir, encerrar a partida.

O protocolo acrescenta ainda que os organizadores devem informar a ocorrência para a polícia e para os torcedores presentes, no sistema de som dos locais. Caso o ato ocorra antes da bola rolar, o árbitro pode cancelar a partida.

Publicidade

 

Publicidade

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.