Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vini Jr pede punição à torcida do Atlético de Madrid após novo caso de racismo

Vídeo que circula nas redes sociais mostra grupo de torcedores colchoneros chamando o brasileiro de chimpanzé. La Liga fará denúncia...

Jogada 10|

Foto: Jose Jordan/AFP via Getty Images
Foto: Jose Jordan/AFP via Getty Images Foto: Jose Jordan/AFP via Getty Images (Jogada 10)

Vini Jr se manifestou, nesta quinta-feira (14), após mais um caso lamentável de racismo por parte da torcida do Atlético de Madrid. Antes da partida contra a Inter de Milão, pelo jogo de volta das oitavas de final da Champions, um grupo de torcedores puxaram um canto para chamar Vini Jr de chimpanzé. Os colchoneros foram flagrados em um vídeo que circulou nas redes sociais. Dessa maneira, o atacante Real Madrid pediu à Uefa uma punição aos fãs do Atléti. Além disso, a LaLiga também se posicionou e promete fazer denúncia.

“Espero que vocês já tenham pensado na punição deles @ChampionsLeague @UEFA É uma triste realidade que passa até nos jogos que eu não estou presente!”, escreveu o brasileiro em sua conta nas redes sociais.

De acordo com informações do jornal espanhol ‘As’, o fato ocorreu enquanto aguardavam a chegada do ônibus do Atlético de Madrid. Na ocasião, a torcida fez um corredor com sinalizadores e fumaça, nos arredores do estádio Cívitas Metropolitano.

“Alé, alé, alé, Vinicius chimpanzé”, gritavam alguns torcedores do Atlético de Madrid.

Publicidade

La Liga fará denúncia após novo caso de racismo contra Vini Jr

A LaLiga promete denunciar os cantos racistas de torcedores do Atlético de Madrid ao Ministério Público da Espanha.

“LaLiga denunciará perante a Procuradoria de Combate ao Ódio os lamentáveis cânticos racistas contra Vinicius Jr. antes do jogo de ontem da Uefa Champions entre o Atlético de Madrid e a Inter de Milão. Mesmo que o jogo seja em outra competição e mesmo que os cânticos tenham ocorrido fora do estádio. Assim, a LaLiga está muito empenhada em fazer do futebol um espaço livre de ódio e continuará combatendo implacavelmente qualquer atitude de racismo, homofobia, violência, ódio… seja qual for a competição”, disse a entidade em comunicado.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.