Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Vini Jr: ‘Ancelotti me repreendeu quando precisei’

Na véspera da final da Champions, atacante diz que técnico o fez 'mudar como jogador' dentro e fora de campo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Oscar del Pozo/AFP via Getty Images

A poucas horas da final da Champions entre Real Madrid e Borussia Dortmund, marcada para este sábado, primeiro de junho, em Wembley, Vini Jr concedeu entrevista à Uefa e comentou sobre a grande influência que Carlo Ancelotti exerce sobre ele.

“Ele fez tudo por mim. Sempre me deu confiança, me repreendeu quando precisei e desenvolvemos um relacionamento muito bom. Ele se preocupa comigo tanto quanto eu me preocupo com ele”, disse o brasileiro.

Vini explicou que Ancelotti “me mudou como jogador, não em campo, mas na minha forma de pensar no treino e no desenvolvimento. Ele sempre diz que a minha humildade é a minha maior virtude, porque sempre ouço os outros”, confessou.

Vini Jr: ‘A vaidade não me comove’

Publicidade

“Quando faço um gol em um jogo, sempre quero que meus companheiros também marquem, estejam em uma posição melhor. Não sou motivado pela vaidade de jogar com os melhores jogadores, com as grandes estrelas. Dentro e fora de campo”, disse o avançado brasileiro sobre a sua excelente relação com Ancelotti.

Vini também mostrou vontade de continuar sendo protagonista na Champions.

Publicidade

“É muito emocionante representar este clube, que promove esta competição. Estou feliz por poder entrar em campo com esta camisa, por ter ótimos resultados e por ter marcado na final de 2022, mas quero muito mais. Final, quero vencer outra, e outra. Temos que estar preparados para esse jogo, temos que nos preparar muito bem para um momento tão importante que vai coroar uma temporada brilhante”, destacou.

LEIA MAIS: Borussia Dortmund x Real Madrid: escalações e onde assistir

Publicidade

Além disso, o atacante de 23 anos, que aparece como grande candidatos à Bola de Ouro, falou sobre sua vontade de melhorar.

“Sempre tive isso, mas depois de chegar aqui com grandes jogadores, com lendas do Real Madrid que não param de melhorar a cada treino e querem sempre vencer, isso começou a me afetar. Aprendo muito com todos os jogadores mais experientes do elenco porque eles passaram por muito mais do que eu. Sempre digo a eles que prefiro ouvi-los do que falar porque será melhor para o meu desenvolvimento”, explicou.

Modric, Kroos e Benzema como referências

Durante a entrevista, o camisa 7 comentou sobre as referências de jogadores experientes como Modric, Kroos e Benzema, com quem trabalhou e trabalha diariamente.

“Não é importante apenas dentro de campo, é importante também fora dele. Num futuro muito próximo, posso fazer o que todos estes jogadores, como Luka (Modric), Toni (Kroos ) e Karim (Benzema) quando estive aqui, fizeram por mim. Transmitiram-me a sua calma, a sua experiência, e posso transmitir isso aos jogadores mais jovens que chegam ao elenco”.

Por fim, Vini Jr revelou que entre suas inspirações fora de campo “estão Pelé, Kobe (Bryant), Ronaldo (Nazário), Michael Jordan, LeBron (James) e Cristiano (Ronaldo). Pelé é o nosso rei”, disse.

Conselhos de Ronaldo

“Ronaldo foi uma estrela pelo Brasil e também jogou pelo Real Madrid. Ele me ensina muito e me liga sempre que pode para me dar alguns conselhos. Como ele me disse que sua melhor habilidade era no mano a mano com o goleiro, comecei a pensar nisso e melhorei muito depois daquela conversa que tive com ele. Agora, toda vez que tenho um cara a cara, fico o mais tranquilo possível”, completou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.