Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Villasanti não chegará a tempo para atuar pelo Grêmio contra o Palmeiras

Imortal encontra dificuldades de voos para Porto Alegre, o que atrapalhou prazo de retorno, além do risco físico de perder o volante...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Frederic J. Brown/AFP via Getty Images

Apesar da expectativa, o Grêmio não poderá utilizar o meio-campista Villasanti no confronto com o Palmeiras pela Série A, nesta quinta-feira (04). Isso porque não haverá a possibilidade de o volante chegar a Porto Alegre a tempo. Principalmente pela dificuldade de encontrar voos para a cidade, que permitisse o paraguaio de ter condições de atuar. A propósito, a previsão é que ele retorne ao Brasil entre a tarde desta quinta e o início da sexta.

Consequentemente, outro ponto que o clube avaliou para não o usar é o risco físico de perder o jogador. Exatamente pela longa viagem e curto período de recuperação. A eliminação da seleção do Paraguai ainda na fase de grupos da Copa América criou a esperança das chances de voltar a tempo para o duelo com o Alviverde.

Villasanti foi titular no último compromisso do torneio pela sua seleção, na última terça-feira (02), na derrota para a Costa Rica, em Austin, nos Estados Unidos. No entanto, esses obstáculos na logística impediram o seu retorno com um tempo hábil de entrar em campo.

Publicidade

Importante destacar que o paraguaio é titular absoluto na equipe de Renato Gaúcho. Seu retorno era visto ainda mais essencial pelo comandante pelo fato de Dodi ser desfalque por cumprir suspensão. Assim, ambos devem voltar a ficar à disposição já na rodada seguinte, quando o Grêmio encara o Juventude. O duelo também vai ocorrer em Caxias do Sul, mas no Alfredo Jaconi, pois o Jaconero será o mandante.

Renato Gaúcho testa improvisação no Grêmio

Publicidade

Pela necessidade, o treinador Renato Gaúcho chegou a fazer um teste com o zagueiro Rodrigo Caio como volante. Mesmo assim, o mais provável é que o defensor siga como opção no banco de reservas. Até porque ele nem sequer estreou pelo Imortal, além da falta de ritmo de jogo. Afinal, a última vez que entrou em campo foi em dezembro do ano passado.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.