Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vasco perde para Athletico na estreia do técnico e é lanterna do Brasileirão

Furacão marca duas vezes no segundo tempo e assegura triunfo em São Januário pela primeira vez

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Nem mesmo a estreia do técnico Ramón Dias conseguiu impedir mais uma derrota do Vasco no Brasileirão, desta vez para o Athletico-PR. Christian e Vitor Bueno, de pênalti, anotaram os gols que definiram o triunfo dos paranaenses em São Januário, pela 16ª rodada.

O Cruz-Maltino ainda não balançou a rede na Colina Histórica nesta edição do Brasileiro. Assim, chega a seis jogos em sequência no estádio sem gols. Para piorar, a equipe aparece na lanterna da competição, com nove pontos, um a menos do que o América-MG. Já o Furacão pula para a quinta posição, agora com 26 pontos.

O Atheltico conseguiu quebrar um tabu ao venceu a primeira partida contra o Vasco em São Januário.

O jogo

Vasco e Athletico fizeram uma primeira etapa morna, sem imposição de jogo. Assim, houve poucas oportunidades. Os donos da casa tiveram maior posse, porém finalizaram apenas duas vezes a gol contra seis dos rubro-negros. Na estreia de Ramón Diáz, o time buscou a saída de bola com o goleiro Léo Jardim iniciando as jogadas. A marcação intensa no campo de ataque também foi uma das características vistas nos primeiros 45 minutos.

Publicidade

No retorno do intervalo, o jogo continuou com baixa qualidade técnica. Mas isso não impediu o Furacão, mais organizado, de abrir o placar com Christian aos 25 minutos. Pouco depois, o lance mais polêmico da partida. Após lançamento de Fernandinho, Vitor Roque driblou Zé Vitor e foi derrubado na área. O árbitro apontou o pênalti e teve a confirmação do VAR. Vitor Bueno ampliou na cobrança.

VASCO 0X2 ATHLETICO

16ª rodada do Campeonato Brasileiro

Publicidade

Data: 23/7/2023

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Publicidade

VASCO: Léo Jardim; Puma Rodríguez, Miranda, Zé Vitor e Lucas Piton; Medel, Zé Gabriel (Marlon Gomes, 14’/2ºT), Medel e Jair (Carabajal, 40’/2ºT); Orellano (Rayan, 35’/2ºT), Gabriel Pec e Figueiredo (Serginho, 40’/2ºT). Técnico: Ramón Diaz.

ATHLETICO: Bento; Khellven (Madson, 43’/2ºT), Zé Ivaldo, Kaíque Rocha e Esquivel; Fernandinho, Erick, Vidal (Vitor Bueno, 20’/2ºT) e Christian (Pablo, 27’/xºT); Canobbio (Cuello, 20’/2ºT) e Vitor Roque (Hugo Moura, 44’/2ºT). Técnico: Wesley Carvalho.

Gols: Christian, 25’/2ºT (0-1); Vitor Bueno, 34’/2ºT (0-2).

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (FIFA-MG)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Celso Luiz da Silva (MG)

VAR: Tarcizio Pinheiro Caetano (RJ)

Cartões amarelos: Jair, Zé Vitor (VAS); Khellven, Esquivel, Fernandinho (CAP)

Cartão vermelho: Zé Ivaldo, 49’/2ºT (CAP)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.