Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vasco celebra 103 anos do nascimento do eterno goleiro Barbosa

Cruz-Maltino exalta Barbosa, maior arqueiro de sua história, que teve seu nome eternizado no centro de treinamento do clube

Jogada 10|

- Foto: Centro de Memória Vasco da Gama
- Foto: Centro de Memória Vasco da Gama - Foto: Centro de Memória Vasco da Gama (Jogada 10)

O Vasco prestou uma homenagem a Moacyr Barbosa, o maior goleiro da história do clube.Assim, um dos maiores ídolos da história do Cruz-Maltino completaria 103 anos nesta quarta-feira (27). O eterno arqueiro defendeu o time de São Januário em 431 jogos e conquistou diversos títulos.

Dessa forma, a publicação aconteceu no perfil oficial de São Januário, onde o Gigante da Colina relembrou alguns troféus importantes do ex-jogador com a cruz de malta no peito. Entre eles, está o Sul-Americano de 1948, assim como a conquista do Campeonato Carioca em seis oportunidades, o Torneio Rivadávia Corrêa Meyer de 1953 e o Rio-São Paulo de 58.

Durante sua emblemática carreira, Barbosa foi o goleiro da derrota do Brasil para o Uruguai na Copa de 1950, em pleno Maracanã. Depois disso, sofreu com o racismo estrutural ao ser considerado um dos principais vilões daquele revés, que marcou para sempre a Seleção Brasileira. Por toda sua história, o Vasco decidiu batizar seu centro de treinamento com o nome do arqueiro, que ficará eternizado.

Além disso, Barbosa fez 20 jogos pela Seleção. Foram 14 vitórias, dois empates e quatro derrotas. Sofreu 22 gols. Depois de 1950, só atuou mais uma vez com a camisa amarela (2 a 0 contra o Equador, em março de 1953).

O goleiro se destacou no Expresso da Vitória, um dos maiores times da história do clube e conquistou impressionantes 15 títulos. Assim, o ídolo faleceu no dia 7 de abril de 2000, devido a uma parada cardiorrespiratória. Por fim, Tereza Borba, filha que o goleiro não teve, também prestou uma homenagem em sua rede social.

Títulos de Barbosa pelo Vasco

Campeonato Sul-Americano de Campeões: 1948 (primeiro campeão da América)

Quadrangular Internacional do Rio: 1953

Torneio Internacional do Chile: 1953

Torneio Rio-São Paulo: 1958

Campeonato Carioca: 1945 (invicto), 1947 (invicto), 1949 (invicto), 1950 (primeiro Campeão Carioca do Maracanã), 1952 e 1958 (Super-Supercampeão)

Municipal: 1946 e 1947

Relâmpago: 1946

Início: 1948 e 1958

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.